Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Que Livros Sou

Aceitei a sugestão da recantista Jeh Oliveira (1) e fiz o teste no site:
http://educarparacrescer.abril.uol.com.br/leitura/testes/livro-nacional.shtml

A idéia do teste penso que é relacionar tipos de personalidade a gêneros literários, associando-os a certos livros nacionais. Sendo uma campanha de incentivo à leitura, tô dentro! :-)

O teste chama-se “Que livro é você?”
O meu resultado foi o seguinte:

“Você é... ‘Carmen – Uma biografia’, de Ruy Castro”

“Boa história é com você mesmo. Adora ouvir, contar, recontar. As de pessoas interessantes e revolucionárias são as suas preferidas.” – Até aqui, bateu perfeitamente! - “Tem gente que liga pra você só para saber das últimas fofocas” – Pra fofocar ninguém me liga não...  – “ E confesse: com seu jeitinho manso e detalhista, você dá aos fatos um sabor todo especial.” – Será? – “Além disso, não se contenta em reproduzir o que já foi dito.” – Pra quê perderia tempo fazendo isso? Se não se tem nada novo para contribuir, melhor ficar calado, né? – “Por isso, se fosse um livro, você só poderia ser uma boa biografia, daquelas que faz os leitores deitarem na rede do fim de semana e se entregarem às peripécias de uma grande personagem. Aliás, você já pensou na profissão de repórter?” – Não. – “Ou de escritor?” – Nessa tenho pensando, e já faz tempo...Ah, adoro mesmo biografias!

Sou também...
“’Morte e Vida Severina’, de João Cabral de Melo Neto”

“Às vezes você tem uma séria vontade de estapear as pessoas, só para fazê-las acordarem e perceberem as injustiças deste mundo. Como podem viver em seus mundinhos banais, quando há quem passe fome e totalmente à margem de qualquer conforto ou assistência? Esta talvez seja a sua maior revolta. Por isso, você tenta fazer a sua parte. Talvez por meio de um trabalho voluntário, participando de movimentos populares ou somente se exaltando em rodas de amigos menos engajados. De qualquer maneira, você consegue de fato comover pessoas com seu discurso apaixonado e, ao mesmo tempo, baseado numa lógica de compaixão e igualdade que ninguém pode negar. Essa missão é mais do que cumprida pelo belo ‘Morte e Vida Severina’ (1966), poema dramático escrito pelo pernambucano Melo Neto que tornou símbolo para uma geração em conflito com as conseqüências sociais geradas pelo capitalismos selvagem.”

Crédito pelo teste: Cynthia Costa e Juliana Bernardino.

Interessante esse teste, não? No meu caso, “casou” muita coisa, principalmente no segundo, o livro do Melo Neto. Nesse a descrição bateu, diria uns 99 %.

Ah, dicas para trabalho voluntário no Brasil você encontra no site:
 http://portaldovoluntario.org.br/

Por um bom tempo mantive cadastro ativo neste site (Portal do Voluntário). Agora não mais. Faz tempo até que não o acesso. Talvez por não morar no Brasil, não houve muitos interessados na ajuda que eu lá oferecia. Daí voltei meus olhos para a comunidade local. Acabei descobrindo excelentes oportunidades para ajudar.

Trabalho voluntário compensa. É bom tanto para quem oferece quanto para quem recebe a ajuda.

Pode ser tudo só coincidência... Não creio em testes perfeitos, se bem que há uns muito bons por aí. Como passatempo, vale!

Um abraço fraterno :-)

1 - http://www.recantodasletras.com.br/artigos/1621076

Nota da autora:
Ah, Jeh, obrigada pela dica! :-)



Helena Frenzel
Enviado por Helena Frenzel em 31/05/2009
Código do texto: T1624441
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (você deve citar autoria de Helena Frenzel e usar um link para o site original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Frenzel
Alemanha
487 textos (36083 leituras)
47 áudios (2336 audições)
45 e-livros (1919 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/09/17 19:01)
Helena Frenzel