Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUANDO A ORAÇÃO TRANSFORMA A VIDA DA GENTE

Fico impressionado quando alguns dizem: “Para que rezar”. Estas pessoas provavelmente ainda não encontraram a razão maior da sua vida, por isso, muitas vezes, vivem infelizes.
Nos Evangelhos vemos relatos sobre a oração que Jesus fazia. O Mestre de Nazaré passava horas e horas, as vezes a noite toda, em oração. (confere em Mc 6, 46; 14, 32ss; Mt 26, 36 ...). Ele que era Deus fazia da oração um momento de diálogo com o Pai, quanto mais nós deveríamos fazer assim.
A oração que Jesus propõe não é aquela feita de muitas palavras e vazia. A oração verdadeira é aquela que meche com o nosso coração, que brota dele, que transforma nossa vida interior.
Temos no Pai Nosso (Mt 6, 7-15) uma linda e profunda síntese do Evangelho. (A reflexão do Pai Nosso fiz num outro artigo já publicado neste site). O que gostaria de retomar é a intensidade de como rezamos. Quando rezamos, primeiro passo tem que ser a consciência de que estou me colocando na presença de Deus. Consciência de que Deus está aqui. Se dispor de coração, corpo, espírito é mais um passo para bem rezar. Tudo deve estar envolvido na oração que fazemos.
A nossa vida, em muitos casos, não muda porque não vivemos aquilo que rezamos. Então, vale a pena rezar? Insistir na oração talvez seja um caminho para aprender a rezar melhor. Se vivêssemos aquilo que rezamos nossa vida seria totalmente transformada. O Pai Nosso, como disse antes, é a síntese que o próprio Jesus faz do Evangelho. Vivê-lo seria o suficiente para um mundo melhor, uma vida transformada e transformadora.
Me parece que há um temor em viver a oração. Reza-se, muitas vezes, porque nos ensinaram que é importante e necessário, mas a nossa oração não passa de simples palavreados.  Há um certo temor em ouvir o que se reza, por isso se reza rápido, ou pensando em outras coisas.
Para quem não descobriu a verdadeira face de Deus, a oração não tem valor nem significado. Se rezar, reza mal. Se não encontramos tempo para rezar, ir a missa é porque Deus não ocupa o lugar primeiro e privilegiado em nossa vida. Já parou para observar que temos tempo para tudo: ler jornal, assistir TV, ir passear, trabalhar, escrever, menos para a oração? Ou dizemos “se sobrar tempo vou rezar”. Deus não precisa de migalhas do tempo que nos sobra. Ele nos dá todo o tempo, porque nos ama. Então porque não usamos de um bom tempo para falar com Deus? Você pode rezar no ônibus indo para o trabalho, antes de começar o trabalho, quando está deitado, mas isso não substitui o tempo que você deveria dedicar para um diálogo maior e mais profundo com Deus pela oração pessoal. Gosto de rezar quando estou viajando, indo para a escola, trabalhando, mas não deixo de lado o momento de parar, silenciar para orar.
Precisamos nos educar para rezar, criando uma cultura de oração, um ambiente de oração. Quando você conversa com um amigo(a), se não  prestar atenção no que ele(a) está dizendo, a pessoa ficará chateada. Por que não fazemos igual com a oração? Centrar-se em cada palavras que se pronuncia na oração, também silenciar para que Deus possa falar. A oração não é só eu falar, mas também ouvir à Deus.
A oração transformará nossas vidas quando de fato vivermos aquilo que rezamos. Faça constantemente o exercício de rezar lentamente pensando em cada palavras que você reza. Isso vai mudar sua vida. Na oração não importa a quantidade do que rezamos, mas a qualidade, a forma como rezamos. Se dedicarmos mais tempo a oração, nossa vida será melhor. Ou não?
Farroupilha, 26/05/2006
Hermes José Novakoski
Hermes José Novakoski
Enviado por Hermes José Novakoski em 26/05/2006
Código do texto: T163467
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Hermes José Novakoski
Marituba - Pará - Brasil, 35 anos
477 textos (375281 leituras)
1 áudios (83 audições)
2 e-livros (440 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:44)
Hermes José Novakoski