Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Paciente como majestade

É conhecida em Jaú a respeitável história da Associação Hospitalar Thereza Perlatti. Com terreno total de 38.000 metros quadrados e área construída atual de 15.000 metros quadrados, a entidade elegeu sua primeira diretoria em 09 de dezembro de 1957 e em 14 de agosto de 1960 foi lançada a pedra fundamental, por iniciativa da família espírita jauense.

      Em meados de 1970/1971 entrou em funcionamento visando atender pacientes psicóticos, neuróticos graves, depressivos e dependentes químicos, mas sofreu intervenção judicial em abril de 1993, quando foi suspenso o convênio com o SUS - Sistema Único de Saúde, devido inadequação do projeto terapêutico.

      O objetivo da presente abordagem, porém, visa homenagear a passagem dos dez anos da reformulação do Estatuto Social da entidade, quando resgatou sua origem e objetivos, passando a contar com a participação de todas as Casas Espíritas da cidade. Esta reformulação ocorreu em 19 de setembro de 1993, quando foi eleita a nova Diretoria que reabriu o convênio com o SUS.

      Após criteriosa avaliação pela Secretaria de Saúde do Estado, em menos de um ano o hospital foi classificado no nível IV de Psiquiatria, o que provou grande evolução em curto espaço de tempo. Para se ter uma idéia da dedicação do corpo diretivo e funcional quanto aos objetivos do hospital, basta observar seu slogan: No Thereza Perlatti: majestade é o paciente.

      Com modernização condizente com a atual proposta de saúde mental, a entidade conta hoje com Hospital Psiquiátrico (180 pacientes, sendo 160 pelo SUS e 20 para outros convênios e particulares), servido por competente equipe de profissionais, além de estar equipado com duas quadras de futebol de salão, quatro oficinas terapêuticas, uma oficina de reciclagem de papel, escola de alfabetização e informática para pacientes, espaço cultural, entre outros benefícios.

      O Lar Abrigado presta assistência a pacientes moradores com autonomia e independência em suas atividades de vida prática, em apartamentos individuais na área anexa à estrutura do hospital; o Hospital dia Conviver possui 60 vagas para portadores de transtornos mentais, em área independente, e visa substituir a internação integral mantendo o usuário no convívio sócio-familiar. E não é só. A Clínica de Repouso Reviver, com equipe multidisciplinar, proporciona assistência integral ao idoso, em amplo espaço interno e externo, também em área anexa ao hospital.

      Mas os benefícios da entidade alcançam ainda outros setores, externos aos próprios objetivos. O amplo e bem equipado Salão Social tem sido utilizado, através de locação, para festas de casamentos, aniversários, palestras, etc, propiciando ainda renda extra na manutenção da entidade, e com capacidade para quinhentas pessoas.

      Os Diretores trabalham como voluntários, sem ônus para a instituição, e a ajuda da população, com doações, é vital para a sobrevivência de suas atividades, pelas quais a Diretoria e pacientes muito agradecem. Qualquer doação, em dinheiro, ou alimentos não perecíveis, material de limpeza ou mesmo voluntários para serviços de informática, etc, são bem vindos para atender a crescente demanda de recursos.

      Esses dez anos de reformulação e dignidade na instituição merecem ser citados e comemorados com respeito e gratidão.Qualquer contato, ligue para 0 xx 14 622-8282 e a partir de 03 de agosto/03: 0 xx 14 3622-8282. O endereço postal é Praça Dr. Adolfo Bezerra de Menezes, s/no , CEP 17203-450 Jaú-SP. Vá visitar. Conheça uma nobre instituição em Jaú.
 
Orson
Enviado por Orson em 07/06/2006
Código do texto: T171021
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Orson
Matão - São Paulo - Brasil, 56 anos
298 textos (94326 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:51)