Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

INCOMPETÊNCIA OU AMBIÇÃO


INCOMPETÊNCIA OU AMBIÇÃO


A superioridade que pode destacar qualquer ser humano entre seus concidadãos, não consiste na riqueza, no talento, na erudição, na sabedoria de coisas várias, já farta e monotonamente conhecidas por aí além, em outros países, em outras línguas, porque essa erudição está ao alcance de qualquer indivíduo que saiba ler, que se disponha ao trabalho metódico e meritório, constante de estudar e que tenha dinheiro para adquirir esses compêndios escritos em qualquer língua. O bicho homem nunca se satisfaz com o que possui procura de forma estratégica, e às vezes felina se embrenhar no mundo ilícito da corrupção, esquecendo o trabalho digno e honesto em prol dos fracos e oprimidos. A sua superioridade, tão apregoada por esse mundo e por muitos almejados, também não consiste no pergaminho que possuas, prova do estudo duma ciência baseada simplesmente na matéria organizada, que nunca foi causa de coisa alguma, mas efeito. A superioridade também não está embasada em possuir muito dinheiro, porque este acende a tentação que raras vezes é bem adquirido, conservado e humanamente aplicado. O dinheiro, como a posse de outros bens terrenos, pode desaparecer da noite para o dia. Muita gente escuta referência à paz, acalentando a volúpia da grande preguiça. E semelhantes ouvintes, desavisados e inconseqüentes, imagina alegria e consolação, imaginam fortunas fáceis e aposentadorias rendosas, heranças polpudas e gratificações vitalícias. Aspirando, porém, o conforto da lesma, esquece-se de que toda ociosidade quase sempre é calmaria da podridão.
Vejam a situação em que se encontra o brasileiro nos dias de hoje! Padecido, desconsolado, atormentado, abatido, angustiado, torturado com o écran que acontece com a política nacional. Corrupção, por todos os lados. É a ilha da podridão ou da pretidão, que não sabemos aonde vai parar. Talvez em lugar algum. Mas se faz necessário que os homens sensatos, arregacem suas mangas, e procurem destruir esse mar de lamas, que se atrelou a política tupiniquim. Não precisamos de mensalão, nem de cuecas de mil e uma utilidades, e sim de vergonha, de honestidade, aplicação correta das verbas públicas e não da “lavagem” de dinheiro, síndrome que predomina no Brasil em todos seus rincões. Corrupto um bichinho do mar que serve de isca para pescar, mas para os mais espertos são espertalhões que querem sempre aquinhoar mais dólares, saia de onde sair, venha de onde vier. Apelar para quem? Para os homens de bem que ainda existem, porém sendo minoria, podem massacrar a maioria, e provocar a destruição dos corruptos que estão no poder somente com intuito de locupletação.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES - ESTUDANTE DE JORNALISMO DA FGF.
MEMBRO DA ACI-ACADÊMICO DA ALOMERCE-OFICIAL SUPERIOR DA PMCE.
 

 

Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 07/06/2006
Código do texto: T171082
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2093 textos (759184 leituras)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:32)
Paivinhajornalista