Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

                         UM BARCO À DERIVA

Ao observar as barbáries praticadas no Congresso Nacional, fico a me perguntar: Por quem estamos sendo governados? Seria pelo Primeiro Comando da Capital – PCC, que vem deixando seu rastro de sangue em cada rebelião que promove numa penitenciária? Pelo Comando Vermelho, de há muito ceifando vidas inocentes através de seus conflitos com a Polícia? Pelo Movimento dos Sem Terra – MST, que como um bando de vândalos marginais e em nome da Reforma Agrária, assaltam mercados, armazéns, caminhões de transportadoras, invadem e depredam propriedades privadas, numa afronta a sociedade e ao Governo? Pelo Movimento de Libertação dos Sem Terra – MLST, criado por esse maluco Bruno Maranhão, que se julgam acima da lei e vivem a afrontar às autoridades e a ameaçarem o próprio sistema democrático, haja vista os últimos acontecimentos em Brasília protagonizados por eles? Será pelo Congresso Brasileiro que não reforma a Lei das Execuções Penais, de há muito caduca; que de CPI em CPI vai se desmoralizando, não punindo os verdadeiros culpados das atrocidades supostamente apuradas pelas Comissões Parlamentares de Inquérito do Mensalão, dos Bingos, dos Correios, do Tráfico de Armas e outras que terminam sem a sociedade ver alguém punido? Será pela Justiça que fornece habeas-corpus autorizando políticos corruptos mentirem nas CPI´s, desacatando seus membros, inviabilizando o elucidamento dos fatos e desrespeitando as instituições democráticas? Ou será pelo Senhor Luiz Inácio Lula da Silva, que até agora não disse para que veio, seu único projeto de governo é a reeleição e quando questionado sobre os desmandos do seu pseudo Governo, sempre diz que de nada sabe?

Pelo que posso observar, há muito tempo nosso País deixou de ser uma nau capitaneada. Nosso Governo Central, que eleito para comandar os destinos de nossa sofrida Pátria, apenas se preocupa com suas fantásticas viagens no Aerolula (de resultados malfadados); com o embelezamento de seu luxuoso palácio e de sua granja majestosa; com os programas assistencialistas que visam eternizar a pobreza e, no geral, o povo entregue às baratas.

A violência, a prostituição, o latrocínio, o desemprego crescendo em proporções geométricas. A corrupção se alastrando desenfreadamente e o nosso comandante, que nada comanda, insistindo que não ver, que não sabe.

Onde iremos parar? Sem comando e sem um norte; tal qual um barco â deriva, sem saber para onde navegar.

                                  Lima
limavitoria
Enviado por limavitoria em 08/06/2006
Reeditado em 27/07/2006
Código do texto: T171432
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
limavitoria
Vitória de Santo Antão - Pernambuco - Brasil, 66 anos
70 textos (12452 leituras)
10 áudios (244 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:54)
limavitoria