Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS BENTOS

       OS BENTOS:
   

O iluminado papa João Paulo II faz sua passagem para o mundo espiritual. Carismático, educador, poliglota foi um dos integrantes do papado, que teve a hombridade moral de pedir perdão pelos erros cometidos no passado, pela Igreja Católica. (Seu sucessor Bento XVI, já que o último Bento foi o XV), alemão de nascimento já começa a colocar as unhas de fora, como se fosse um felino. Andam noticiando por aí as suas mais modernas pérolas. Vejamos: Outras igrejas - “A Igreja Católica é a mãe de todas as igrejas cristãs. Por isso, outras igrejas, não devem ser consideradas 'irmãs' da Igreja Católica”.Clonagem: "Um homem produzido por outros homens no laboratório deixa de ser um presente de Deus, da natureza. Assim como ele pode ser fabricado, ele pode ser destruído”."A clonagem humana é mais perigosa que as armas de destruição em massa”. Aborto: "Os cristãos devem ser contra decisões judiciais, e leis que autorizem o aborto, e a eutanásia, considerados pecados graves."Homossexuais:"A igreja classifica os casamentos homossexuais como imorais, artificiais, e nocivos." Superstição:"Rituais que dependem da superstição, e outros erros, constituem um obstáculo para a salvação." Rock:"O rock é uma expressão básica das paixões que, em grandes platéias, pode assumir características de culto, ou até de adoração, contrários ao cristianismo."Pedofilia na Igreja:"Estou convencido que as notícias freqüentes sobre padres católicos pecadores (pedófilos) fazem parte de uma campanha planejada, para prejudicar a Igreja Católica." Feminismo:"Algumas formas de feminismo tornam as mulheres adversárias dos homens. O enfraquecimento da definição da identidade sexual tornou o homossexualismo, e heterossexualismo praticamente equivalentes." Eutanásia:"Um católico será considerado culpado por cooperar com o mal, e não poderá receber a comunhão. Se votar - em um candidato político, porque ele é a favor da eutanásia, e/ou do aborto.  “Divórcio:” O ato de comungar apenas porque o católico vai à missa é um abuso e precisa ser corrigido. Muitas vezes, o responsável pela comunhão deve se recusar a dar a hóstia para algumas pessoas - entre elas, aquelas que foram excomungadas, e as que insistem em cometer pecados graves. Já existiram 14 papas com o nome de Bento; I (575-579); São Bento II (684-685); Bento III (855-858); Bento IV (900-903); Bento V (964-966); Bento VI (973-974); Bento VII (974-983); Bento VIII (1012-1024); Bento IX (1032-1048); Bento XI, Beato (1303-1304); Bento XII (1334-1342); Bento XIII (1724-1730); Bento XIV (1740-1758); Bento XV (1914-1922); só não figurando na lista o Bento X. Ou seria mais um a sofrer no rol dos Bentos ou nenhum quis carregar essa cruz.
 O Bento VI nasceu em Roma, era cardeal-diácono da igreja de Santa Teodora na época de sua escolha. Embora tenha sido no mesmo dia da morte do Papa João, a com firmação veio do Imperador Oto apenas em janeiro de 973. Seu papado só durou um ano e meio de governo; foi tão trágico quanto a sua morte. Em abril de 973 foi aprisionado à força por alguns nobres de Roma na fortaleza de Santo Ângelo. O líder responsável pela prisão era um certo diácono Bonifácio, que mais tarde se tornaria antipapa. Após dois meses de prisão, Bento foi estrangulado até a morte por ordens do diácono Bonifácio.O Bento XV, o conclave que se reuniu após a morte de Pio X durou apenas três dias. Giácomo, cardeal arcebispo de Bolonha, foi eleito.Estava com 60 anos e passou a chamar-se Bento XV, em 6 de setembro de 1914. A primeira guerra mundial estava acontecendo. O Papa suplicou às nações em guerra que fizessem as pazes, e salvassem suas vidas. Porém seu apelo não foi ouvido.A Itália entrou também na guerra, após assinar um tratado secreto com a Inglaterra que não envolvia o papa. Bento permaneceu neutro. A guerra terminou em 1918 com a derrota da Alemanha. Embora a Europa rejeitasse o Papa, Bento voltou sua atenção para a Ásia e África. Criou 70 dioceses em países do terceiro mundo, onde viu o crescimento da vida católica. Bento XV, faleceu em 22 de janeiro de 1922. Vejam que a história relata fatos não muito agradáveis para os bentistas. “Quem viver verá”.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-ESTUDANTE DE JORNALISMO: ACADÊMICO DA ALOMERCE E MEMBRO DA ACI-(ASSOCIAÇÃO CEARENSE DE IMPRENSA).


Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 10/06/2006
Código do texto: T173139
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2093 textos (759392 leituras)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:14)
Paivinhajornalista