CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Sonhar com gatos – o que significa?
 
 
Nossos sonhos são a nossa realidade interna, representam o que vivemos atualmente, ou o que deixamos de viver, ou o que precisamos ver/sentir para viver melhor.

Sonhar com animais mostra a ação do nosso lado instintivo.
Instinto é a nossa 
força biológica, própria do ser humano e dos animais, e que atua de modo inconsciente, automático, independente de aprendizado.
Nossas emoções são instintivas, portanto irracionais, posso conhecê-las, integralizá-las em mim, mas não posso manejar, não posso escolher .
Diferente de sentimentos.
Sentimentos são conscientes , eu posso escolher.
Ex:
Paixão e Amor.
Paixão é emoção, é instintivo em nós.
Não posso escolher por quem me apaixonar.

Mas posso escolher se quero ou não cultivar o amor por quem me apaixonei.
Amor é sentimento.


Instintos são energias.São nossos desejos.
Que muitas vezes são incontroláveis justamente porque não os conhecemos.
Se não os conhecemos eles se manifestam quando menos esperamos, sem que tenhamos a mínima chance de filtrá-los.
 
Sonhos com gatos, e sua análise dependem muito da nossa relação com eles na nossa vida quando acordados.
Um gato é um animal sábio, mas inquietante.
Eles se bastam.
*Eles só amam a quem eles julgam  merecer.
 
Como são animais que enxergam muito bem no escuro, estão associados ao nosso inconsciente.
Quando fazem sexo no meio da madrugada  fazem um barulho infernal, não são nada discretos, já que a gata não permite o coito até que o macho a tenha estimulado o suficiente.
Os gritos que escutamos são as negativas de acasalamento delas quando elas desafiam os machos a primeiro namorá-las, acarinhá-las, para só depois consumar o ato sexual.
E é por isso é que  escutamos aquelas brigas escandalosas.
O macho quer apenas a sua satisfação.
 
Eles também tem um comportamento muito peculiar: quando se sentem ameaçados, em vez de correrem no sentido contrário, passam correndo ao lado do perigo, como se quisessem mostrar que não se intimidam tanto, eles fogem, mas  com a impressão de estarem desafiando.
 
*Uma das principais características deles é que eles não satisfazem as necessidades doentias do amor dos humanos.
Um gato só aceita uma relação de independência e afeto.
O gato não gosta de alguém porque precisa gostar para se sentir melhor.
Um gato não pede amor.
Nem depende dele.
Mas, quando o sente, é capaz de amar muito.
Quem não tem um bom relacionamento com os gatos, também não se relaciona bem consigo mesmo.

O gato aparece, então, como uma ameaça, porque representa essa relação desconhecida com o próprio
eu ".

O gato não se relaciona com a aparência do homem.
Ele nos enxerga por dentro e pelo nosso avesso.

A relação dele com o ser humano é com o que está oculto, guardado e nem nós queremos, sabemos ou podemos ver.

*Quando surge nele um ato de entrega, quando ele pula no colo de alguém e se aninha se espreguiçando, é um gesto muito verdadeiro, que não pode ser desdenhado.
É um gesto de extrema confiança que honra quem o está recebendo, pois significa um julgamento.

Ninguém em toda natureza aprendeu a bastar-se (até na higiene) a si mesmo como o gato.
Gatos são muito ligados a superstições justamente por conta de sua intuição, de sua força regeneradora.(Lembra que ele tem 7 vidas?)

Então sonhar com gatos, é refletir sobre o que eles são, e nossa atitude perante eles, e nossos envolvimentos com eles nos sonhos é que vão nos pontuar qual é a direção que nosso inconsciente nos aponta.
 
Na questão dos relacionamentos afetivos, de amizade ou familiar eles nos remetem à nossa dependência .

Até onde dependemos do outro para nos bastarmos?

O outro existe na nossa vida para nos completar, e sermos mais felizes do que já somos, ou PRECISAMOS do outro pra sermos felizes?

 
Ou nossa independência nos torna orgulhosos e autosuficientes e com isto intolerantes e prepotentes?
E as vezes até desafiadores?
Camuflamos como eles (os gatos) nossos medos com atitudes desafiadoras?
 
Se nos sonhos o gato é agressivo, isto sugere que estamos tendo problemas com o aspecto feminino de nós mesmos, se for mulher a sonhar , a reflexão será com relação aos aspectos sombrios que a dependência ou independência afetiva causam como consequência existencial.
 
Até que ponto é consciente e é conhecida essa dependência do outro em  nossa  vida?
Isso nos incomoda até que ponto?
Ficamos agressivos pra “mostrar ”nossa independência?
Quando no fundo atacamos pra defender nosso medo da perda?

Fazemos como as gatas (que não se importam com o barulho) e também exigimos respeito ao nosso prazer quando o homem quer fazer de nós apenas um objeto de sua satisfação pessoal?
Ou nos submetemos a eles apenas para que eles não procurem outra?
Relegando assim nossa libido, reprimindo-a?
(Libido represada é uma das causas da depressão)
 
Se o sonhador for homem, que aspectos afetivos , sexuais estão sendo reprimidos?
Quer parecer um homem bem resolvido, mas no fundo quer receber sem dar nada de si em troca, como se isto fosse sinônimo de liberdade e independência? (ou pior, de masculinidade?)
 
Lembrar sempre que no aspecto da nossa independência pessoal, seja no aspecto afetivo ou financeiro, não se dá pelo que se tem, mas pelo que se é.

Portanto é nosso  autoconhecimento, que vai determinar a intensidade , a profundidade e o amadurecimento dos nossos propósitos e objetivos pessoais.

Então sonhar com um gato preto não pode ser entendido como falta de sorte, porque assim estaremos usando muletas, colocando a “culpa ”fora de nossa responsabilidade pelo possível erro ou fracasso dos nossos projetos.
Sonhar com gato preto, ao contrário é para que busquemos na nossa “intuição” o alimento , o substrato necessário pra adubar as sementes dos nossos sonhos.

Lembrando sempre que:

Sou eu próprio uma questão colocada ao mundo e
devo fornecer minha resposta; caso contrário,
estarei reduzido à resposta que o mundo me der
.” (Jung)
 
 
Maria Poesia 15.08.2009

Este artigo tem como constructo teórico a Psicologia de Carl Gustav Jung – Psiquiatra Suíço e fundador da Psicologia Analítica Junguiana.
O estudo sistemático dos sonhos, de seus pacientes e dos seus próprios sonhos, bem como dos conceitos Junguianos, encontram-se descritos numa extensa bibliografia deixada como herança deste grande curador de almas, como também dos seus inúmeros discípulos (Marie-Louise Von Franz, por exemplo) que nomeá-los aqui como referencias a lista seria extensa demais.
 
O livro O Homem e Seus Símbolos quem sabe seja - para mim - uma referência maior.
Nele Jung pontua que
o homem só se realiza através do conhecimento e aceitação incondicional do seu inconsciente — conhecimento este que ele busca e toma para si, através da análise dos seus sonhos.


 
Outros artigos  nos links abaixo:
(Para abrí-los basta pausar e clicar com o mouse no título)


Sonhar com água- o que significa?

Sonhar com fogo ou incêndios – o que significa?

Sonhar com ex-namorado(a), ex-marido e ex-mulher- o que significa?











Obs: Agradeço ao meu amigo(Inesquecível) Rolivers, não só as inúmeras análises que ele fez dos meu sonhos com gatos, mas os seus "insigts " que me possibilitaram enxergar com mais clareza meus aspectos sombrios, e ter uma relação melhor, tanto com os gatos dos meus sonhos, como os da vida real.
 
* Crédito para Arthur da Távola e sua crônica Ode aos Gatos.

Maria Poesia
Enviado por Maria Poesia em 15/08/2009
Reeditado em 28/08/2012
Código do texto: T1755412
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Comentários

Sobre a autora
Maria Poesia
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
147 textos (2272063 leituras)
10 áudios (5406 audições)
3 e-livros (16638 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/09/14 05:17)

Site do Escritor