Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Despedida do Caceta

O País acordou um pouco mais triste, cada vez que um humorista morre o céu fica mais alegre e a Terra mais triste, principalmente se este Humorista era uma pessoa de senso crítico, personalidade marcante e traço forte. Assim eu via o Bussunda, Meninão, alegre, extrovertido, louco, insano, mas, um fazedor de rir, alguém a quem se espera sempre uma piada, e a cara dele já era uma piada, diga-se de passagem.
As vezes não entendemos por que as pessoas morrem, será que Deus quer tanto rir assim? Será de nós ou será que lá em cima é tão chato que precisa de levar os que aqui nos fazem rir? Não sei, só sei que, nossa, não sei pra você, mas para mim esse camaradinha vai fazer falta.
Fala Sério!!! Já falaram que o Lula nem vai mais se candidatar a reeleição, num tem mais quem o imite as terças feiras.
Derrubaram uma Montanha e nem adianta agora desconfiar de nossa masculinidade, pois, mesmo dando porrada, fica triste aquele trio, agora só com o Massaranduba e o Sadan. Jogadas geniais, bom a vaca fazia, mas,  era o Marrentinho que estrelava o escrete Tabajarino, e o pior, beber cerveja agora? Bom, vou mudar pra Brahma, a BOA já era, quem quer ver a barranga da Juliana Paes?
Só sei de uma coisa, To Triste, foi pro andar de cima um dos gordos mais gênios que eu já vi aqui em baixo. Se cuida Jô, você também tá na minha lista de Gordos Geniais.

Rio 19 de junho de 2006

Lugus Chrispino
Lugus Chrispino
Enviado por Lugus Chrispino em 19/06/2006
Reeditado em 07/08/2013
Código do texto: T178431
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Lugus Chrispino
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 59 anos
34 textos (678 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 04:25)
Lugus Chrispino