Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

IDEAL E HOMEM

O que é o homem? Quem é o homem?
O homem é um ser consciente e está superior a vida dos outros animais, por ser um ser racional.
Ser homem significa ter inteligência, percepção de valores, vontade e também liberdade, mais bem descrito, como segue:
· Inteligência por ser sensível as coisas e por ter a capacidade de perceber e ser percebido;
· Percepção de valores por ser capaz de julgar e saber destinguir o bem e o mal;
· Vontade por ser consciente e poder optar entre o bem e o mal ou ambos;
· Liberdade por ser uma criatura livre, por ter idéias e ações próprias, por saber valorizar-se e fazer as escolhas de ideais convenientes aos seus interesses.

O homem evoluiu, através da história, junto a outros homens. Cresceu e vive numa sociedade com outros indivíduos constituídos dos seus próprios ideais e interesses.

O ideal do homem deveria ser ajudar-se a si mesmo e ajudar coletivamente os demais, buscando alcançar os objetivos, tanto comuns como individualmente falando.
Todavia, encontramos nesse contexto algumas classificações possíveis acerca dos ideais aqui apresentados:
· Ideal Individual aquele voltado a suprir desejos pessoais, próprios e de caráter preciso para garantia da sua auto-afirmação, seja social, política, econômica ou cultural. Exemplos de personalidades com as de Adolph Hittle, Stalin, Pinochet, Sadan Housein e  Margareth Tatthe.
· Ideal Coletivo voltado à satisfação promocional, mas de caráter social e benéfico, não tão-somente ao indivíduo, mas de satisfação do coletivo a partir da sua obra. Albert Sabin(descobridor da Vacina Poliomielite), Marcelo Cândia(empresário e fundador dos Hospitais São Camilo), Santos Dumont(inventor do avião), Santa Paulina, Madre Teresa de Calcutá, Irmã Dulce, Betinho, Gandhi, Chico Mendes e Chico Xavier são exemplos dessa classificação.

O homem atual busca uma nova percepção histórico-cultural que o identifique nesse processo evolutivo tão acelerado e que desconsidera o indivíduo enquanto gente, ser humano de fato, visto que a máquina o supera a cada novo instante. Daí questionarmos sempre acerca do equilíbrio na vida humana, o que este busca em meio a tantos feitos, tantos produtos oriundos da sua imaginação, metacompetências e habilidades pessoais e profissionais.
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ
Enviado por JOSÉ FLÁVIO DA PAZ em 20/05/2005
Código do texto: T18243
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
60 textos (36390 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:37)
JOSÉ FLÁVIO DA PAZ