CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto
A MAÇONARIA E O PROTESTANTISMO




Protestantismo é a denominação do conjunto de igrejas e doutrinas, que se identificam com as Teologias desenvolvidas no século XVI , para tentativa de Reforma da Igreja Católica Apostólica Romana, por parte de um importante grupo de Teólogos e Clérigos entre os quais se destacam, o ex-monge Martinho Lutero. Daí serem chamados de Luteranos por alguns.

A Maçonaria é uma Ordem Universal formada por homens de todas as raças, credos e nacionalidades, reunidos para constituírem uma Sociedade Humana baseada no Amor Fraternal com amor a Deus, a família e ao próximo, exercitando a tolerância, virtude e sabedoria. Desprovidos de vaidade, objetivando a constante busca da Verdade, observando a IGUALDADE, LIBERDADE e FRATERNIDADE, que é o lema da Revolução Francesa, que mudou o mundo implantando a Democracia.
A Maçonaria não é contra qualquer religião. Não é religião. Considero que seja uma filosofia de vida. Ela ensina a prática da tolerância, defendendo o direito do homem praticar a religião que bem entender.

Ela reconhece os benefícios e a bondade de todas as religiões e não é Ateísta (aquele que não acredita em Deus) ou Agnóstica (doutrina em que a existência de Deus está acima do conhecimento do homem).
Em 1723, foi publicado o primeiro Estatuto dando organização à Maçonaria (A Grande Loja de Londres), conhecida mundialmente como “Constituições de Anderson”, por ter sido compilada e redigida pelo Reverendo Presbiteriano James Anderson (1680-1739). Alguns dizem que “As Constituições” é obra de seu prefaciador, o Reverendo Anglicano João Teófilo Desaguliers (91683 -1744) de origem francesa. Os indícios levam a crer, que a obra foi realizada pelos dois Reverendos.

É inegável, que a Maçonaria Moderna, foi organizada sob forte influência Evangélica até pelo fim a que se destinava, que era de aprimorar o homem na sua essência moral e ética. Devido a isto, a Maçonaria se desenvolveu nos países onde a influência protestante era grande (Inglaterra, Alemanha e América do Norte). Depois se espalhou pelo restante do mundo. Hoje ela é Universal existindo até nos países Islâmicos, onde existe uma enorme desconfiança porque alguns acham que são células de espiões de Israel.

No Brasil, a primeira Igreja Batista foi fundada pelo Pr. Richard Ratcliff no dia 10/09/1871, em conjunto com pessoas recém chegadas (emigrantes) dos E.U.A. em Santa Bárbara, no interior de São Paulo. Depois da Igreja fundaram em 1874, a Loja Maçônica “George Washington” e encontraram cerca de oito Batistas, inclusive o Pr. Robert Porter Thomas.
O curioso é que o primeiro Pastor Batista brasileiro (Pr. Antônio Teixeira de Albuquerque), além de ter sido batizado por um Pastor Maçom (Pr. Thomas), foi consagrado ao Ministério da Palavra no salão da Loja Maçônica.

A Maçonaria ajudou dentre outras, os Batistas na construção do primeiro Templo Batista em Campos e da denominada Egreja de Christo, chamada Batista em São Fidelis, ambas no Estado do Rio de Janeiro .
No Brasil os Maçons com a proposta de unir os homens e as religiões, contribuiu para o avanço e fixação de um outro ramo do Cristianismo no Brasil : o Presbiterianismo, que foi implantado neste país no século XIX.

Quando o primeiro Pastor Presbiteriano Ashebel Green Simonton (1873-1867) chegou ao Brasil, em 12 de agosto de 1859, encontrou em São Paulo, cerca de 700 alemães protestantes. Com a preocupação de reuni-los, Simonton procura um salão para a prática de reuniões religiosas, porém sem sucesso. Negocia com a loja Maçônica Amizade, mas não tem condições de efetuar o pagamento, então os maçons ofereceram o salão da Loja gratuitamente.
Outros fatos da História oferecem informações sobre o relacionamento entre a Maçonaria e Presbiterianismo. Um dos grandes nomes, que fez parte do quadro da Igreja Presbiteriana é o de Miguel Rizzo Júnior, que chegou ao Brasil ainda adolescente.

Por volta de 1880, o Missionário Rev. John Boyle chega à cidade de Cajuru, onde encontra forte oposição do clero local, tendo o povo ignorado a chegada do “novo pregador”. No entanto, encontra o Maçom Miguel Rizzo, que deu - lhe toda atenção, cedendo - lhe seu auditório para os trabalhos Presbiterianos. Esta aproximação resultou na conversão do Maçom ao Presbiterianismo e posteriormente teríamos o respeitável Pastor Miguel Rizzo Júnior.
Os maçons também ajudaram aos Presbiterianos na organização da Igreja presbiteriana de Guarapuava no Paraná e na Cidade de Cabo Verde nas Minas Gerais.

A Igreja Anglicana da Inglaterra, teve muitos de seus Bispos iniciados na Maçonaria, a exemplo do Arcebispo Fisher de Geoffrey, porém nas últimas décadas, as restrições aumentaram muito, possivelmente pela aproximação crescente do Anglicanismo com o Protestantismo tradicional. O Arcebispo atual de Canterbury, Dr. Rowan Williams em 2003 desculpou - se com os Maçons britânicos depois de dizer, que suas convicções eram incompatíveis com o Cristianismo, mas limitou a ascensão de Maçons a posições mais elevadas em sua Diocese quando era Bispo de Monmouth. A Maçonaria regular não respondeu, pois considera ser assunto de âmbito religioso.

Na Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (os Mórmons), os líderes na mais alta escala hierárquica Mórmon nada tem dito de forma oficial desde o ano de 1984 quando o Presidente Spencer W. Kimball , afirmou enfaticamente, que nenhuma restrição existe por parte da Igreja quanto à Maçonaria. Depois disto nenhum outro líder manifestou - se sobre o assunto, por considerá-lo resolvido.
Gostaríamos de citar outros fatos, mas o espaço é pequeno. Como vimos, a Maçonaria relaciona-se com todas as religiões, não havendo nenhum preconceito por parte dos Pedreiros Livres contra qualquer Religião. Todos são bem-vindos e convidados a unicamente fazer o bem sem ver a quem.

Ruy Silva Barbosa
Enviado por Ruy Silva Barbosa em 30/09/2009
Reeditado em 06/07/2010
Código do texto: T1839781
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2009. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Ruy Silva Barbosa
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 70 anos
177 textos (117671 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/07/14 09:45)