Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOU CONTRA À VIOLÊNCIA E A FAVOR DA PAZ

Sou Contra à Violência, e a favor da Paz

A violência dilacera corações, a paz nos tráz conforto e alegrias. Uma entristece, a outra extasia. Por que somos tão violentos, hão de peguntar? A resposta é simples: porque não sabemos amar. Ela tem cura, remédio sem que traga luto e solidão! Claro, com gotas de amor, em doses homeopáticas, vamos descongelando o coração duro e cruel dos brutos, tornando-os através do afeto em genéricos da solidão. A solidão traz tristezas e melancolias, mas às vezes podem trazer tranquilidade e harmonia. "Deus dá o frio conforme o cobertor". A ausência de Deus e a religiosidade no humano, transforma-o em deliquente, meliante e marginal. Vamos pazear. Antes, aprendemos que paz era substantivo, hoje sabemos que é verbo infinitivo. Eu pazeio, tu pazeias, ele pazeia, nos pazeamos e vamos todos pazear em benefício dos fracos e oprimidos, dos delinquentes, dos políticos, enfim, de todo Brasil, pois a Paz é a semente que brota no coração dos brasileiros, para semear a tão bela e próspera harmonia, gerando fraternidade, irmandade, caridade, amor e perdão.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-ESTUDANTE DE JORNALISMO DA FGF E MEMBRO DA ACI E ACADÊMICO DA ALOMERCE.
Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 06/07/2006
Código do texto: T188698
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2096 textos (760195 leituras)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:06)
Paivinhajornalista