Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O GRITO DE SOCORRO

O Grito de Socorro

Reverbere sua voz, afine o seu dial, seja leal consigo mesmo. Grite, chore, sorria, ponha todas as suas mágoas para fora. Elas estão te estressando e como resultante pode vir a desesperança, a solidão e o retroagir das boas ações. No mundo, no orbe em que vivemos, falta amor, caridade e perdão, nós estamos na contramão, pois nossas autoridades por esbirro ou crueldade, esqueceram que todos somos iguais, perante a lei. O vil metal em profusão aniquila a ética em falta, deixa as pessoas esqueléticas, escalafobéticas de muitão. Transforma o homem em leão, em escassez mata o homem de uma vez. Meu Deus, estamos num país de provas e expiações. O desejo humano pelos bens materiais aumenta cada vez mais, as ações que enobrecem viram descaso e nos tornamos pusilânimes com tanta crueldade e destemperanças, mas como diz o velho jargão, "irmão, não se desespere, Deus sabe o que faz, e é bem capaz, que depois da tempestade venha a bonança".


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI/ACADÊMICO DA ALOMERCE
Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 09/07/2006
Código do texto: T190315
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2093 textos (759070 leituras)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 00:20)
Paivinhajornalista