Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MISTÉRIOS DE UMA ESTRELA

Deus nunca se revelou através dos astros, pelo contrário
essa prática foi terminantemente condenada por Ele e
proibida qualquer tipo de consulta por parte dos seus
filhos

Após a queda do homem no jardim do Éden, Deus se
aproximou do mesmo e amorosamente lhe fez uma grande
promessa de redenção. Essa promessa estava diretamente
relacionada à pessoa de Cristo e o seu sacrifício vicário
pela humanidade.

Por volta do ano 4.004 A.C., Deus coloca em evidência
sua grande promessa, trazendo ao mundo, através de Maria -
uma jovem israelense, aquele de quem todos os profetas
haviam falado e anunciado a sua vinda.

“E o verbo se fez carne” (Jo.1:14).

De forma misteriosa o infanto Cristo foi introduzido
neste mundo tornando-se igual aos homens. No dia do seu
nascimento em Belém da Judéia, uma milícia de anjos
apareceu a um grupo de pastores que se encontrava no
campo, pastoreando seus rebanhos durante as vigílias da
noite, pois em função da oscilação climática não era
permitido ficar com os rebanhos no campo durante o dia.
Isso por si só, elimina a possibilidade do nascimento de
Cristo ter ocorrido no mês de dezembro como dizem alguns.

Posteriormente apareceu uma estrela no oriente aos magos
que, depois de consultada pela astrologia, foi definida
por eles como sendo de origem divina. A história bíblica
não diz quantos magos eram, apesar do romanismo enumerá-
los como sendo três; nem tão pouco encontraram o Cristo-
Menino na manjedoura como mostram os presépios, pois o
evangelista Mateus diz que os visitantes O encontraram
numa casa (Mt 2: 11). O fato de Herodes haver mandado
matar crianças com menos de dois anos, depõe contra o tal
do conceito da manjedoura.

Em todos registros bíblicos Deus nunca se revelou através
dos astros, pelo contrário, essa prática foi
terminantemente condenada por Ele e proibida qualquer
tipo de consulta por parte dos seus adoradores (Dt.18:10-
12, Is. 47:13 e 14)

QUEM ERA OS MAGOS?

Eram feiticeiros contratados pelos reis pagãos para
adivinhar através dos astros. Estiveram presentes nos
palácios egípcios, babilônicos e em muitas outras
civilizações antigas. Nunca foram considerados como
servos de Deus, nem a eles foi dirigida nenhuma revelação
de natureza divina, a não ser quando Deus os proibiu
através de sonhos, a não voltarem por Jerusalém. E não o
fez por eles, mas sim pelo infanto Cristo.

Sempre que Deus quis falar o fez através de anjos,
sonhos, visões, mensagens proféticas, através da
revelação escrita e da humanizada

UMA VISITA DESASTROSA

A estrela que apareceu aos magos aparentemente tinha a
missão de conduzi-los até Belém, onde Jesus estava. Mas
ao chegar em Jerusalém, sede do governo de Herodes, deixa
os magos sem informações, provocando-os a entrarem na
cidade e a denunciarem o nascimento daquele, que segundo
eles, era chamado Rei dos Judeus. Essa informação
despertou em Herodes o desejo ardente de matar o infanto
Cristo, e a partir desse momento, os magos se dirigem a
Belém sob orientação do rei Herodes e dos sacerdotes da
época. Em seguida a estrela aparece novamente conduzindo-
os até o local onde Jesus estava.

De tais fatos comentados conclui-se que:

I- Deus não tinha compromisso com feiticeiros;

II- Não havia nenhum motivo para lhes revelar o
nascimento do Cristo;

III- Se o fizesse não seria através da astrologia;

IV-A quem interessava denunciar o nascimento de Cristo a
Herodes?

V-Por que essa estrela não os conduziu diretamente a
Belém, já que tinha precisão geográfica?

VI- A quem interessava o infanticídio praticado por
Herodes?

VII- Quem desejava matar Jesus prematuramente?

Por essas e outras razões concluímos que a Deus não
interessava a visita dos magos, nem os desastres
ocasionados em função dela.
João Gomes da Silva
Enviado por João Gomes da Silva em 11/07/2006
Código do texto: T192023
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Gomes da Silva
Gurupi - Tocantins - Brasil, 57 anos
57 textos (20848 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:29)
João Gomes da Silva