Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Intolerância

São Paulo, a maior cidade do Brasil, não anda dando bons exemplos, principalmente nos últimos dias,  quando a cruel e desmedida violência tem tomado conta da cidade, com verdadeiros massacres de pessoas e destruição de bens públicos e privados. As televisões mostram o horror, em cima da hora. As manchetes de jornais,  contam os acontecimentos de ontem: Mais  Horror.
São vidas que estão sendo dizimadas em nome de retaliações inconcebiveis por parte de “comando” dos presídios. Querem por sua vez,  em nome dos reclusos, respeito, direitos,  autonomia, mando, regalias, televisores e celulares em suas celas. De um outro lado, a polícia paulista, também vem matando, também vem reprimindo do lado de fora, os possíveis agentes que cumprem as ordens desses  comandos. Os lados matam e se matam. Quem está levando a pior é a própria sociedade que, agora por moda, frequentemente tem sido   “convidada” a abandonar os ônibus  que os levam ou os trazem, para que em nome do “comando”  seja ateado fogo, destruindo assim esses meios de transporte coletivo. Outra barbaridade que se impõe, é a desgraça de ser parente, vizinho ou amigo de  pessoas trabalhadoras do sistema prisional, ou pior: ser principalmente trabalhador agente penitenciário.
Estes, estao na mira direta da arma bandida. A qualquer momento um veículo, com dois ou mais  ocupantes metralharão friamente esses indivíduos, restando somente  a saudade e o pedido de justiça, quando couber.
A hora requer calma. Muita calma para se pensar, refletir e  para agir, principalmente por parte do poder público. Qualquer ação impensada pode servir de combustível para esse fogo ardente. Pode-se  provocar mais danos, mais mortes para  todos os lados.
Isto é uma guerra, reacheada de intolerância. O sangue jorrado, independente de qual lado, não honra a nenhuma sociedade pacífica, e ordeira. Esta insensatez assuta a todos nós.
CesarO
Enviado por CesarO em 14/07/2006
Código do texto: T193959
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
CesarO
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 60 anos
873 textos (24111 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:52)