Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA QUERIDA AMIGA

MINHA QUERIDA AMIGA


Deus é a idéia primeira, a base de nossas convicções religiosas e de nossa orientação moral. Sem um Criador com objetivos definidos para a Criação, sem uma meta a alcançar, a Vida perde o sentido. Não é o seu caso, certamente. Incrível que pessoas tão inteligentes desenvolvam raciocínios tão simplistas! Se o Universo criou-se a si mesmo, atendendo às leis que regem, quem fez essas leis, quem as sustenta, quem as faz funcionar? Como dizia Tomaz de Aquino, se tudo é movimento na Vida Universal, desde o verme que nas profundezas do solo o fertiliza, aos mundos que se equilibram no espaço, forçosamente há um motor parado que sustenta essa movimentação. Por isso o grande Voltaire, não obstante sua irreverência, proclamava: Se Deus não existisse seria preciso inventá-lo. Dignidade é o somatório de atitudes feéricas por partes de pessoas com honestidade de princípios e uma educação refinada.
O sofrimento, a necessidade como decorrência da vida material, é um sustentáculo forte para as argolas que sustentam um coração bondoso, reformado por ações dignificantes, e que fortalecem a vida de qualquer ser humano, que soube cultivar o amor, a paz, o carinho, a fraternidade, a caridade e o perdão. Uma pessoa soprou ao meu ouvido: Cresci enfrentando todas as dificuldades da vida e lutando contra as lembranças amargas que o mundo me proporcionou, desde criança. Aos nove anos iniciei meus escritos em pequenos pedacinhos de papel, pois nem condição de mamãe comprar um caderno, tinha. Ainda pequena registrava minha dor...falta de pai...roupas...brinquedos...e o principal, muita fome passei muita fome amigo, sofri nas mãos dos outros e nas casas de família onde trabalhava desde pequena por um prato de comida, sem contar que também fui jogada em um orfanato, no qual, os diretores não permitiram que ficasse.
Daí começou minha história como doméstica mirim. mas, como hoje, meus amigos falam que sou Fênix e que de pedra tiro água, tão logo me entendi como gente. Desbravei meus caminho e graças a Deus todos com muita luta, humildade, perseverança e dignidade". História belíssima e de um carisma singular, de uma pessoa capaz e perseverante que fez dos incautos momentos vivenciais o caminho para a vitória brilhante. Minha irmã de coração, por parte do Pai Celestial, como diriam certas pessoas religiosas de fé, independente de credo e da religião, as situações deletérias enfurnarmos no lixo da inconsciência e as boas lembranças guardamos nas memórias RAM e ROM de nosso cérebro amparador e diamantizador de belos pensamentos, que nos levam a recriar grandes ações, que elevam a alma, amadurece o corpo e fortalece o espírito.
A paz seja contigo, comigo e consigo como diriam os estudiosos de lingüística e da gramática normativa e que usam a norma padrão e a culta para embelezar seus pensamentos. Pense bem. Medite melhor: Quem aceita o seu destino como a seqüência de lições de vida lhe oferece por resposta exata a cada gesto seu, a fim de estimulá-lo para alargar os horizontes de sua inteligência e ver o crescimento de suas virtudes espirituais, é um vencedor (a), quem a cada dia findo, se detém a reexaminar seus próprios atos, atribuindo a si mesmo as causas e origens de suas faltas, seja no minuto em que se imantou o mal, desencadeando a dor em corações amigos, seja no segundo em que patrocinou o mal para superar-se no novo dia que virá, quem se abraça jubiloso ao trabalho, quem usa o bem em detrimento do mal, troca o orgulho negativo pelo positivo, estende a mão fraterna para um indigente que sofre as amarguras de uma sociedade indecente e ambiciosa, para uma criança abandonada, que vive a solidão dos ensinamentos paupérrimos da rua, quem olha para os idosos com discrição e amor, merece sair das linhas tortuosas da vida e ingressar nos caminhos atenuantes que levam ao Senhor Jesus e com a continuação de uma caminhada suada e febril os levará brevemente ao ser supremo, Deus.
Estimada irmã quando vi a tua foto parece que meu espírito despertou e veio a minha mente, eu já conheço esta figura querida! Será que passamos por um de’javu? Acho que me prolonguei bastante e não quero e nem desejo cansar pessoas amigas e inteligentes, não quero me tornar prolixo e sim um ser humano com características de um aprendiz de tudo que a vida nos ensina e que está bem pertinho de nós.
Não entendo porque o homem que recebeu tantas benesses do Pai, como livre-arbítrio, inteligência, instinto, mas só pende para o mal. Se houvesse uma consciência interior com sinceridade de amabilidade, seríamos mais felizes. A Bíblia está aí, pena é que estudiosos, exegetas e autoridades religiosas não aprenderam ainda a interpretá-la, só porque Jesus falava através de parábolas. Até tu Nicodemos, doutor das leis não entendeu o que eu queria dizer, imagine os menos aculturados do que você, afirmou o Mestre. Precisamos repensar e esta é a hora. O final de ano se aproxima e as confraternizações começam a se embrionar, nada de exageros, no lugar da bebida alcoólica, um suco, o homem com sua teimosia vai transformar uma festa belíssima para uns e triste para outros, num sofrimento descomunal. Isso em decorrência dos excessos e pela euforia que as drogas proporcionam a quem delas se aproxima, e usam. Que a bonança seja companheira nossa de cada dia.
Como amor começou e como amor terminou. Feliz Natal e um ano cheio de saúde e prosperidade, tudo abençoado pelo menino Jesus e por seu Pai Divino, o nosso Deus.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- Estudante de Jornalismo
Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 01/08/2006
Código do texto: T206878
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2093 textos (759555 leituras)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:14)
Paivinhajornalista