Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Estamos Dopados

" O Itaú fechou o primeiro semestre deste ano com lucro recorde de R$ 2,958 bilhões. Trata-se do maior lucro da história dos bancos de capital aberto no Brasil para o período, segundo dados ajustados pela inflação calculados pela consultoria Economática.

O resultado do Itaú nos primeiros seis meses deste ano é 19,5% superior ao de igual intervalo de 2005.

Somente no segundo trimestre, o Itaú lucrou R$ 1,498 bilhão, volume 2,6% maior do que nos primeiros três meses deste ano e 12,37% acima do que o verificado de maio a junho de 2005."

Esta notícia saiu na FOLHA.

Mas o que me preocupa é o que ela quer dizer: absolutamente nada.

O Itaú encerrou o semestre com patrimônio líquido de R$ 17,555 bilhões, 12,8% superior ao final de junho de 2005, e ativos totais no valor de R$ 172,413 bilhões, com aumento de 18% sobre junho do ano anterior.

E dai? Se a Selic desceu ou subiu? Se o índice Dom Jones, manteve-se  estável?  O último Dom Jones que conheci foi um patrocinador de lutas em Las Vegas.

Um cara estravagante, bilionário. Não sei se está vivo ou morto. De Bolsa de Valores sei muito de ouvir falar, ou quando o locutor diz que alguma coisa subiu ou desceu. Está falando grego dentro de minha ignorância.

Quero é pão na minha mesa. O resto é com economistas.

Mas se o Itaú ou Unibanco,ou qualquer outro, que teve este lucro astrônomico, a nota devia ser trocada em miúdos e explicados ao povo, que também não me parece muito interessado, os porquês deste lucros.

Infelizmente,o povo está mais preocupado com as novelas da Globo, com o futebol, com a caipiríssima e outros derivados.

O povo brasileiro tá passando fome. O índice de inadiplência é assustador. Todo mundo deve. Os bancos vão  erguer uma estátua à Lula. Ele está governando para os bancos, contra os pobres. Centenas de lojas comerciais em todo Brasil estão fechando. Falta dinheiro, que está nos bancos.

Mas nunca se vendeu tanto celulares, tv de plasma,  DVDs e armas de fogo. A ilusão que deram ao pobre vingou: ele paga mais de 48 prestações para ter uma tv, último modelo.E não pára de comprar. Igual a um câncer que tropeia devagar.

Mas Lula vai levar de novo, é certo. Está gastando tudo o que não pode, de nosso dinheiro, pra se reeleger.

E agora? A notícia toma as páginas dos jornais. Semana que vem chegam os resultados de outros bancos.

* O que que nós (povo) temos a ver com isso?

* Teve lucro porquê? O dinheiro saiu de nosso bolsos.

* Saiu dos juros exorbitantes que cobram do povo?

* Saiu dos péssimos salários que seus funcionários ganham?

* O Itaú fabrica dinheiro? O Itaú paga CMPF ao governo? O Itaú paga Imposto de Renda? Os bancos tem mina de ouro?

* O dinheiro do PT e de Lula estão depositados no Itaú?

* O Itaú ganhou na Loteria?

* As filas dos bancos diminuiram? Existem caixas para idosos? Para deficientes?

Existem! Em Dia de Fiscalização, as filas diminuem, os caixas para idosos reaparecem e também dos deficientes.

A gente que não entende de economia não percebe  a coisa. Ela é subreptícia demais. Ela não foi feita para ser entendida e sim absorvida.

E, numa manhã chuvosa, em São Paulo e em Brasília, garrafas de champanhe foram estouradas para comemorar este feito doloroso para nossa nação, cujo povo parece que tomou uma dose cavalar de morfina e está totalmente dopado.

Um povo que aceita tudo, indiferente e passivo, alvo de tiros e bazucas, sendo assaltado a cada minuto, onde a força policial está esfarelada, onde centenas são indiciados por corrupção e são imediatamente soltos pelos juízes, obedientes à lei, é  sinal que há alguma coisa errada.

Ou com o povo ou com os políticos. Ou com a sociedade.

O povo brasileiro está dopado. Mas uma coisa é certa ele sabe muito bem quais os próximos feriados prolongados.

E, debaixo de um sol forte, tendo ao lado a mulher, os filhos e uma garrafa de cerveja deita-se na areia quente, debaixo dos juros mais altos do mundo. E pensa:

- Que terra boa !
José Kappel
Enviado por José Kappel em 02/08/2006
Reeditado em 02/08/2006
Código do texto: T207298
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
José Kappel
Nova Friburgo - Rio de Janeiro - Brasil
2147 textos (26787 leituras)
1 e-livros (125 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:42)
José Kappel