Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Células Embrionárias, contra ou a favor ?

Células embrionárias, outro assunto que tem causado polemica e discussões éticas em todo o mundo.

Religiosos se opõem, a grande maioria da sociedade se opõe, já que envolve essa idéia da vida. Seria um assassinato usar um embrião para pesquisas e posteriormente tratamento de um paciente que sofra de Parkinson, doenças cardíacas, escleroses, Alzheimer, ou em casos de pessoas diabéticas?

Tecnicamente sim, estariam encerrando uma vida, mas salvaria outra. “Matando um ser para que outro possa viver”.

Claro que essa idéia de interromper uma vida é bastante abrangente, deve ser tratada com calma e reflexão. Por um lado é mesmo muito dramático, mas por outro, o que nos torna melhores que outras espécies?

Matamos ratos, coelhos, vários animais em experimentos e pesquisas para novas técnicas de tratamentos e diagnósticos de diversas doenças, aumentando a qualidade de vida do SER HUMANO, mas tecnicamente também estamos assassinando outras vidas, que tem emoções, (subdesenvolvidas, mas não deixam de ter) sentem dores, como nós, que direito temos de fazer isso? Só pelo fato de sermos a raça dominante?

Mas é por uma boa causa, traz benefícios para a vida humana, então é aceitável, já que se é possível uma cura, e para chegar até ela sacrificar alguns animais é o preço, por que não ? Os fins justificam os meios...?

Isso atinge o nosso ego quando fere a nossa própria espécie; estamos acima disso tudo? Definimos as regras? Se for possível CURAR a dor e o sofrimento de alguém, mas para isso deve-se matar um de nossa própria espécie, isso é repugnante? Ou pura hipocrisia?

Ainda matamos para comer, somos carnívoros, não que seja necessário o consumo de carne, é desperdiçar vidas. Mas não é de nossa espécie, então que se dane...?

Eu sou a favor do estudo das células embrionárias, mesmo sendo um assassinato de outra vida, assim como sou a favor do uso de cobaias em laboratório, ser for ver a fundo ambas estão matando, interrompendo o direito de viver.

O fato de um animal não possuir raciocínio lógico, ser de outra espécie “inferior” não muda o fato de estar vivo, ter uma vida, já que a vida desses pobres animais é irrelevante diante da grandeza cientifica, por que a vida de um embrião humano seria diferente?

Claro que ninguém vai catar uma criança de 05 anos, ou um adulto de 30 para usar como cobaias de laboratório, daí também seria demais, (coitados dos indigentes, quem garante hein ?)

O uso de um rato de laboratório em experimentos é mais cruel do que o uso de um embrião humano, já que o rato já é capaz de sentir dor, tem “consciência” que está vivo, tem fome, extintos; um embrião humano ainda não tem essa consciência, este seria menos cruel.

Então deveríamos parar com os estudos? Paralisando o progresso cientifico que traz benefícios para a vida humana (também prejudicam)?

Claro que não!

Portanto deixemos de ser hipócritas, e assumamos nossas responsabilidades e crueldades perante a vida, seja ela qual for.

Chaos Theory
Enviado por Chaos Theory em 06/08/2006
Reeditado em 06/08/2006
Código do texto: T210419

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Chaos Theory
Itajubá - Minas Gerais - Brasil, 30 anos
78 textos (11376 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:42)
Chaos Theory