Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SUPERANDO O RACISMO NA ESCOLA

AUTOR: PAULO CESAR PEREIRA
ARTIGO: SUPERANDO O RACISMO NA ESCOLA
CURSO: PEDAGOGIA

RESUMO

O presente artigo tem o objetivo de demonstrar que a escola se constitui em um instrumento reprodutor de preconceitos e práticas racistas nem sempre explícitas, que se caracterizam, principalmente pelo silenciamento não trato das questões étnico – culturais, tendo como suporte o livro didático indicado às séries de alunos que se encontram na idade de formação de valores e por isso conteúdos assimilados deverão moldar as suas personalidades construindo suas identidades e reforçando padrões de comportamento. É indispensável que os currículos e os livros escolares estejam isentos de qualquer conteúdo racista ou de intolerância. Mais do que isso. É imprescindível que reflitam, em sua plenitude, as contribuições dos diversos grupos étnicos para a formação da nação e da cultura brasileira.
Acredita-se que seja possível construir uma sociedade que atenue os atos preconceituosos, já que o contrário é uma utopia, valorizando a diferença como um aspecto positivo a formação social do aluno, lembrando-se de que as diferenças são aspectos que somam para a difusão do conhecimento.

Palavras – Chaves: negro, livro didático, discriminação, personalidade.



1 INTRODUÇÃO


Racismo é a teoria que sustenta a superação de certas raças a outras, preconizando ou não a segregação racial ou até mesmo a extinção de determinadas minorias.
A análise proposta tem como objetivo a superação do racismo na escola, contribuindo para o processo de reflexão dos profissionais de educação bem como nas estratégias de combate ao racismo no ambiente escolar e na sociedade em geral.
A devida experiência parte de observações dos livros didáticos e paradidáticos de história do 6° ao 9° ano, indagações feitas às crianças das respectivas séries e professores da área.
Falar sobre a discriminação no ambiente escolar não é realizar um discurso de lamentação. Mas da visibilidade a discriminação de que crianças e adolescentes negros são objetos.
E é imprescindível, portanto, reconhecer esse problema e combatê-lo no espaço escolar.
É necessário a promoção do respeito mútuo, o respeito ao outro, o reconhecimento das diferenças a possibilidade de se falar sobre as diferenças sem medo, receio ou preconceito.
A discriminação racial não é problema da criança negra, mas uma oportunidade de crianças negras e não-negras se conhecerem, discutirem e instaurarem novas formas de relação, que tenham impacto em suas vidas e na sociedade como um todo.
Deseja-se neste artigo analisar a superação do racismo na escola bem como suas intervenções e implicações no contexto educacional da Escola Municipal do Ensino Fundamental José Reis / PB.

Entrar em contato com o autor
paulopereira22@hotmail.com




PAULO CESAR
Enviado por PAULO CESAR em 09/04/2010
Código do texto: T2187266

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
PAULO CESAR
Sousa - Paraíba - Brasil, 42 anos
33 textos (4740 leituras)
1 áudios (30 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/11/14 17:49)
PAULO CESAR



Rádio Poética