Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Achismo"*

Eu acho, tua achas, mas não importa muito. O cidadão acha, mas não o ouvem; o policial acha, e só pode prender; a justiça acha, mas às vezes tem que soltar; e o governo acha... acha... mas ninguém descobre nada. Eu acho o que ele deve fazer e eles tem o dever de me fazer achar; e eu vou achando que sei e continuo não vendo nada. Mas é época de eleição, não é hora de "eu acho", é tempo de "eu prometo!".

Originalmente publicado no "Jornal de Londina", pág. 3
Diego Filipe Araujo Alcântara
Enviado por Diego Filipe Araujo Alcântara em 24/08/2006
Código do texto: T223880
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diego Filipe Araujo Alcântara
Camanducaia - Minas Gerais - Brasil, 31 anos
152 textos (7338 leituras)
7 áudios (2204 audições)
1 e-livros (167 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 00:30)
Diego Filipe Araujo Alcântara