Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cristão: um ser comprometido com a verdade

Esta cada vez mais difícil ser verdadeiramente cristão.
As dificuldades encontradas são muitas, e dentre elas podemos citar a covardia e o medo da maioria das pessoas diante da verdade e no tocante ao denunciar as injustiças e combater a miséria que abrange a maior parte do Povo de Deus residente na América Latina e em tantas outras partes do mundo.
É fácil ser cristão quando seguimos um Cristo passivo, angelical, e distante da realidade de seu povo.
É difícil ser cristão diante do desafio do mundo atual, quando seguimos um Cristo ativo,real, e que se faz presente na realidade de seu povo.
Perdendo a visão de um Cristo passivo aos problemas do homem, nos deparamos com um Cristo ativo, com um Cristo que assumiu a condição humana e que se faz presente no irmão sofredor. Seguir as pegadas de Cristo, ser discípulo de Jesus, significa comprometer-se com a verdade; combater e denunciar as injustiças; por-se ao lado do irmão; buscar a paz e a dignidade de Povo de Deus.
Comprometer-se com Cristo é, aos olhos da simples razão humana, uma loucura. Quem segue verdadeiramente a Cristo, corre o risco de terminar como Ele: na cruz. Mas esse compromisso só é assumido por quem não tem medo da verdade, mesmo que esta o leve à cruz.
No AT profetas acompanharam o Povo de Deus, denunciaram as injustiças e terminaram mortos. No NT João Batista anunciou e preparou o caminho a ser percorrido por Cristo, denunciou as injustiças e a forma errada de viver de Herodes, e terminou morto. Isto porque a verdade é, muitas vezes, dolorosa, e os fracos não a suportam.
Jesus veio anunciar o Reino de Deus, denunciar as injustiças e pecados de seu povo, e terminou sendo condenado. Mas com a condenação e morte, e morte de cruz, Jesus salva o homem e o eleva à condição de filho de Deus.
Jesus vem anunciar que o Reino de Deus começa aqui e agora; Jesus vem combater a injustiça e o sofrimento em que vivia seu povo, e termina numa cruz.
É bom lembrarmos que Jesus veio libertar o homem num todo, e que a injustiça e sofrimento é fruto do pecado. Do pecado Jesus nos redimiu, redimindo-nos num todo.
Nas pegadas de Jesus caminharam Estevão, Pedro, Paulo, e tantos outros que terminaram como Ele. Em suas pegadas caminharam, bem perto de nós, Maximiliano Kolbe, Martin Luter king, padre Josimo, e tantos outros, e vejam como terminaram. A verdade incomoda os fracos, e é melhor e mais fácil ficar livre dos que a promovem.
Agora chegou a nossa vez de anunciarmos o Reino de Deus; chegou a nossa vez de denunciarmos a injustiça, lutarmos ao lado do irmão sofredor, anunciarmos Jesus, falarmos a verdade, e corrermos o risco de sermos silenciados pelos que preferem tapar o sol com a peneira.
Principalmente na América Latina, onde se encontra grande foco de miséria, muitos cristãos autênticos foram perseguidos e mortos, e ainda hoje continua a mesma história. Mas o compromisso com Cristo é mais forte, e chegará o dia em que o bem triunfará sobre o mal.
Hoje somos chamados a vivermos intensamente o Evangelho. Mas como? Comprometendo-nos com o Cristo real e presente na vida de seu povo; anunciando que aqui começa o REINO DE DEUS; denunciando a injustiça, a opressão, a miséria, a falsidade, etc; lutando por uma vida mais humana, justa e fraterna; batalhando por justos salários, pelo fim da escravidão no trabalho, pelo fim da descriminação e do racismo, etc.
E não precisamos ir longe para vivermos o Evangelho. Vejam nossa comunidade: quanta miséria: quanta falta de calor humano; quanta exploração no mercado de trabalho; quanta sujeira política; quanta mentira por trás de comoventes palavras e falsas promessas!
Um cristão comprometido com a verdade não poder ter medo de denunciar e lutar pelo seu povo, ainda que isto o leve a ser rotulado. Também Cristo foi rotulado e morto, e quem O segue, corre os mesmos riscos.
Comprometendo-nos com Jesus Cristo Libertador, nos comprometemos com o irmão; nos comprometemos com a realidade de nossa comunidade local,e de onde mais for preciso anunciar o Reino de Deus, e denunciar a opressão vivida pelo Povo de Deus. Isto é comprometer-se com Cristo, isto é ser Igreja. É impossível falar que Deus é pai, que é bom, para um povo que passa fome; que vive na miséria e opressão; que vive sendo enganado; se não denunciarmos a injustiça, a opressão, e lutarmos ao lado desse imenso Povo de Deus.
BJ Duarte
Enviado por BJ Duarte em 25/08/2006
Código do texto: T225310
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
BJ Duarte
São Gabriel do Oeste - Mato Grosso do Sul - Brasil, 49 anos
69 textos (101942 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:10)
BJ Duarte