CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

FUNK OU FANQUI?

          Engraçado como as pessoas gostam de defender a “cultura” (brasileira ou a falta dela ) com propostas de valorizar a produção musical nacional. Então mencionam Axé, pagode, Samba e Funk.
     Engraçado também que ninguém cita que Funk não é uma palavra da língua  portuguesa e que não foi criada em nenhum morro carioca.  Se tivesse o nome seria Fanqui.
    Afinal de onde veio essa coisa que tanto odiamos?
    Funk nos Estados Unidos surgiu como um ritmo dançante com uma batida que se misturava com Soul . Basicamente quem criou Funk foi o James Brown na década de 60.
   Algumas bandas de rock como Red Hot Chili Peppers  usam elementos do funk americano em suas musicas.( Give it way por exemplo).
  Agora você pergunta. Por que mesmo não gostando do James Brown consigo ver nele um músico de talento e não vomito ao ouvir suas musicas como ocorre quando escuto algum "MC Néscio"?
   Não é curioso? O funk carioca é completamente diferente das origens do Funk. A começar por uma razão simples. Os músicos americanos sabiam tocar algum instrumento e cantar. As letras faziam algum sentido. Os "MCs Brazuka" nem uma coisa nem outra.
   Bom essa coisa deplorável que ouvimos por ai deveria se chamar fanqui e não funk.
   Agora você pergunta: Como você sabe disso. Primeiro porque o assunto musica me interessa e gosto de pesquisar a respeito mesmo daquilo que odeio. Segundo porque sou professor e levantei o tema funk x fanqui na sala.
   Agora uma confissão; Eu sempre achei (antes era achismo) que funk/fanqui deixava o sujeito burro. Agora tenho certeza . Embora burro seja o tema mais indesejável que alguém possa usar na educação. Eu nunca conheci um aluno sequer que ouvisse funk/fanqui e fosse inteligente. Acredite. Seja qual for o seu conceito de inteligência o individuo não tem.
  As letras dessas porcarias incentivam o sujeito a usar apenas seus instintos básicos ; comer e defecar . Não possui o menor discernimento das coisas.
  Para encerrar vale dizer que não sou preconceituoso com relação aos morros. Eu nasci em um. E é mentira que todo mundo na favela  gosta de funk.
  Existem muitas pessoas inteligentes que apesar de não terem uma condição financeira favorável abraçam a intelectualidade.( seja qual for o seu conceito do termo)
  Rotular favela como “funk city” é um desrespeito com o cidadão decente que vive nas áreas menos favorecidas.
Valmetal
Enviado por Valmetal em 08/08/2010
Reeditado em 07/01/2013
Código do texto: T2425619
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Valmetal
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 35 anos
22 textos (1512 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/08/14 06:50)