Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FINAL DOS TEMPOS 1?

Pelo menos 40 pacientes britânicos receberam transplantes de tecidos procedentes de corpos roubados por uma quadrilha nos Estados Unidos, segundo o jornal Daily Mail.

Mais de mil corpos foram roubados de funerárias americanas por esta quadrilha, que depois os vendia para utilização em transplantes. Uma fonte oficial britânica informou que 25 hospitais do Reino Unido compraram tecidos de corpos que provavelmente procediam destes roubos.

Entre os corpos roubados estava o do jornalista da BBC Alistair Cooke, que morreu em dezembro de câncer de pulmão, aos 95 anos, segundo o jornal.

A agência do governo encarregada de regulamentar a medicina e a saúde britânicas publicou a lista dos 25 hospitais, de várias cidades inglesas, que podem ter sido afetados pelo esquema.

Segundo a agência, 82 tecidos ósseos, usados em operações de quadril, foram enviados a hospitais do Reino Unido pela empresa Plus Orthopaedics, com sede em Londres.

Um porta-voz da agência disse à imprensa que o risco de contrair alguma infecção dos ossos de corpos roubados era mínimo, pois tinham sido esterilizados.

Grupos de ativistas exigem, no entanto, um maior controle para impedir a importação de tecidos de procedência humana.

O escândalo explodiu nos Estados Unidos em outubro do ano passado, quando se revelou que a empresa Biomedical Tissue Services, de New Jersey, se dedicava a comercializar ossos, ligamentos e pele extraídos aparentemente de cadáveres.

Michael Mastromarino, diretor da companhia, que foi fechada, está sendo acusado nos Estados Unidos de venda ilegal de tecidos de órgãos para transplantes
djalma marques
Enviado por djalma marques em 23/09/2006
Código do texto: T247702
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
djalma marques
Recife - Pernambuco - Brasil
67 textos (7455 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:31)
djalma marques