Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Características da educação greco-romana

Sabemos que à medida que as civilizações progridem a educação diversifica-se cada vez mais e um dos primeiros lugares onde o sistema educacional atingiu elevado grau de diferenciação foi na Grécia.
Não apenas as classes dirigntes mas toda a população passou a ter acesso à escola, que se tornou estatal e pública. Nas cidades-estado gregas, com a evolução do comércio, a educação passou a preocupar o governo, pois em alguns lugares a organização social parecia até acampamento militar, porque uma das características desta educação tinha como objetivo estimular as virtudes guerreiras.
Em Esparta essa tendência foi levada ao extremo e adotava métodos rígidos e brutais, a fim de formar guerreiros fortes e corajosos. Já em Atenas a disciplina era menos severa, mas este mesmo ideal de perfeição física mantinha-se intacto. Havia leis que regulamentavam a frequencia às escolas, a ginástica era fundamental ao corpo e quanto ao cultivo do espírito, este era dado pela filosofia, arte, literatura e música.
Um dos filósofos, considerado o patrono da Filosofia, Sócrates, utilizava como método principal na educação a "maiêutica", ou seja, ele fazia perguntas sobre as ideias, sobre os valores nos quais os alunos acreditavam e que julgavam conhecer. Suas perguntas deixavam os interlocutores embaraçados e inquietos e logo descobriam, surpresos, que não sabiam responder e que nunca tinham pensado em suas crenças e valores. E quando os alunos "cobravam" as respostas ele dizia que também não sabia, por isso estava perguntando. Daí a famosa expressão atribuída a ele quando perguntado pela sibila no templo de Apolo: "Só sei que nada sei".
Já nas escolas elementares de Roma, que já existiam antes do Império, as crianças eram orientadas pelo "lugi magister" e a partir dos 16 anos aprendiam eloquencia, direito, filosofia e história com o reitor. O ensino superior era essencial para a carreira política dos jovens ricos e este tipo de educação subordinou-se ao Estado a partir de 362, sob Juliano.
Já com a fragmentação do império e sob o impacto das invasões bárbaras a educação romana mudou novamente suas caracteristicas e uma das poucas instituições que conseguiram manter a unidade foi a Igreja. Nos mosteiros é que aparecem as primeiras escolas monásticas da Idade Média e a sua finalidade era ensinar doutrina cristã e artes liberais- gramética, retórica e dialética, assim como canto e latim, que era ensinado nas escolas interiores onde formavam-se os monges.

Por: Elayne C.A
Fonte: Victor Civita- Conhecer, SP, 1985
Elayne Aguiar
Enviado por Elayne Aguiar em 07/09/2010
Código do texto: T2483793

Copyright © 2010. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elayne Aguiar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
513 textos (23650 leituras)
7 áudios (503 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 01/11/14 11:23)
Elayne Aguiar



Rádio Poética