Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Faça um 21

Estava eu, em meu serene momento de reflexão, sentado ao trono branco, em meu pequeno apartamento, quando quase ao final de meus pensamentos, o telefone toca, o maldito estava tão perto, mas ao mesmo tempo tão longe, era só levantar, abrir a porta, dar uns três passos e já estaria a frente do aparelho, o problema era como fazer isso com um papel higiênico nas nádegas e as calças na altura dos joelhos, mas corajosamente eu fui, enfrentei todos os desafios e finalmente atendi aquela coisa que não parava de berrar.
A grande surpresa é saber que fui interrompido, para atender um rapaz que queria falar com meu pai, informei-o que ele não estava, e caí na besteira de perguntar se poderia ajudar, foi a pior coisa que fiz na minha vida, o homem não parava mais de falar, narrava todas as vantagens de se fazer um 21, de usar os serviços da Embratel , que se eu o utiliza-se duas vezes ao mês, ganharia um cupom para concorrer uma viagem a Copa do Mundo de futebol, e a cada vez que eu tentava replicar, ele falava mais, mais e mais.
E eu ali, com as calças arriadas, e numa situação que vocês podem imaginar. Finalmente, o rapaz informou que a promoção estava valendo para esse telefone, e portanto seria no nome do meu pai, e perguntou se eu teria algum outro telefone que queria incluir na gentil oferta, respondi que não, e ele disse – Uma boa noite para o senhor, e para toda a sua família! Respondi: - Para o senhor tam...e antes que eu terminasse, desligou. Fiquei pasmo, e voltei ao meu momento de reflexão, exatamente para tentar entender o que havia acontecido.
Depois de tudo isso, tomei uma importante decisão, e preciso avisá-los: se um dia ligarem em casa, e ninguém atender, tentem novamente daqui uns 21 minutos, ou talvez uns 15 minutos, você pode escolher, pois pode ser que eu esteja “ocupado”, e nunca mais irei interromper uma importante tarefa de minha vida diária, para atender um maldito telefonema, seja de quem for.
João Valio
Enviado por João Valio em 15/06/2005
Reeditado em 29/07/2005
Código do texto: T24840
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
João Valio
Sorocaba - São Paulo - Brasil, 31 anos
72 textos (5476 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:42)
João Valio