Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A arte da conquista



Você sabia que o ato de conquistar as pessoas é uma arte?
Não uma arte dessas de crianças travessas, que provocam anarquias peraltas, acompanhadas da irresponsabilidade que a pouca idade lhes permite. Nem tampouco a arte dos atores e atrizes, que provocam o choro ou o riso. A arte da conquista é diferente também, das artes plásticas com seus quadros e esculturas. Ele não compartilha de fobias ou das coações.

Ao contrário do que se possa imaginar, a arte de conquistar as pessoas vem do coração. O mesmo coração que guarda os desejos dos amantes, o mesmo coração que abriga a saudade do ente querido, o mesmo coração que se cala ou bate forte na presença de alguém, o mesmo coração sucumbe ou que nos impulsiona e que até a pouco tempo atrás era considerado o templo da razão.

Em épocas póstumas, acreditava-se que o cérebro ficava no coração. Isso explica o fato de que quando estudamos muito alguma coisa, por exemplo, dizemos que sabemos aquele assunto décor.

A arte de conquistar as pessoas é a arte do carisma, é a arte do doar-se, é a arte do amor ao próximo. A pessoa que possui estas características, definitivamente é uma pessoa de bem com a vida. E uma pessoa de bem com a vida, torna-se agradável, e assim, domina a arte de conquistar. Forma-se assim uma corrente que transforma vidas, transforma atitudes. Forma-se assim, uma corrente positiva que distribui cortesia gratuita e altera as vibrações das pessoas.

Apesar de ser uma arte efêmera, sempre estamos conquistando alguém, hora pelas idéias, hora através de nossa postura, hora pelo humor ou ainda pela beleza externa. Conquistamos pelos sorrisos ou ainda pelo que podemos oferecer. Mas nada, absolutamente nada, substitui a doação do amor. Em outras palavras, conquista é doação.

Quando conquistamos alguém, na verdade estamos a influenciando de alguma forma. E não existe influência sem o relacionamento interpessoal, sem o contato direto, sem a prévia análise do incentivador e do incentivado. É dessa forma que reconhecemos e somos reconhecidos.

Amigo leitor, desejo-lhe que seus atributos de conquista sejam o mais positivo possível. Que os bons exemplos possam sempre lhe trazer boas inspirações e que a paz do Cristo seja a sua Paz!

Desejo-lhe ainda, que a arte da conquista, continue sempre a fazer parte da sua arte de viver!

Reginaldo Cordoa, futuro Administrador de Empresas e Apaixonado pela Vida.
20/09/2006

Reginaldo Cordoa
Enviado por Reginaldo Cordoa em 28/09/2006
Código do texto: T251241
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reginaldo Cordoa
Matão - São Paulo - Brasil, 46 anos
95 textos (23233 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:55)
Reginaldo Cordoa