Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EXPRESSÕES CURIOSAS - CARRO

Fala-se carro com conotação de meio de transporte com rodas que rolam sobre a superfície da terra. Faze-se distinção entre carro e carro discriminando caminhão, ônibus, caminhoneta, vã, viatura, carroça (forma pejorativa de carro) e carreta, que talvez venha do diminutivo francês de carro, charret, ou carret (que dissemos charrete).
Todos esses são carros, pois nos parece que carro é meio de transporte com rodas. Entretanto, na linguagem mecânica existem alguns carros que são peças, as quais deslisam sobre outras, mas muitas delas não possuem rodas. Existe ainda a expressão popular referente à junção entre o maxilar inferior e o crânio, do qual se diz carrinho.
À máquina do trem chama-se locomotiva e ao vagão (o carro puchado), carro ou vagão. Todavia, a locomotiva também é carro.
Na língua alemã parece não existir carro, mas sim uma palavra que traduz-se por vagão. Trata-se de wagem (vaguem), a segunda palavra da expressão volkswagem, que significa "carro do povo". Do fabricante (construtor) de carro em alemão diz-se Wagner. Note o prefixo wag (de vagão).
No inglês há a palavra car, parecendo da mesma vertente do nosso carro, mas também a palavra wegon (weg - wag), vinda do anglo-saxão, se referindo a vã, baú, ou vagão do trem. Algo como caixa, que em inglês seria box. E eles gostam de chamar a vaga (garagem) do carro de box. Percebe-se que a palavra vagão é o mesmo que carro.
Entrementes, existe a VAGA para o carro, a vaga para emprego de mão-de-obra, etc., ambos com conotação de vazio,  ou baldio, talvez caixa e box. Além desses há a vaga ou vagalhão, referentes a onda gigantesca que cruza o oceano. Nenhuma dessas vagas têm rodas, todavia a vaga do mar anda, mas não está vazia.
Na língua espanhola (nossa matriz linguística mais ressente) existe a palavra VACACIONES (VAGAZIONES é na língua italiana, mais próxima ao original latino) que traduzimos como férias. Perceba nela o prefixo VAGA, VAG (de wagem) e wegon. Logo, parece que os esponhóis dizem que estão de férias quando estão vazios de atividade, sem ter o que fazer, desocupados, ou se estão andando sem compromisso de chegar?
Como poderíamos definir então vagar, vaga, vagão, vagalhão e qual a relação disso tudo com carro?
Parece que vagar, como quando se diz que se está de vagar (lento), ou anda-se vagarosamente, é andar desocupado, andando como quem não tem compromisso com o chegar, enquanto vagabundear é andar (ou estar) não só sem compromisso com o chegar, mas sem onde chegar, nem porque chegar. Quanto a vaga, pura e simplesmente, seria um espaço desocupado, vadio, vazio, baldio (uma caixa), como a vaga do carro (o box - a garagem) e, no sentido figurado, a vaga de emprego de mão-de-obra (um posto de trabalho vazio de quem o ocupe) e outras do gênero. Quanto a vaga do mar, o vagalhão, a tsunami, não seria algo vazio, mas algo que anda como quem não tem compromisso de chegar e nem destino, alguem desocupado de compromisso.
Sendo assim, vagão seria algo vazio, baldio, desocupado simplesmente (caixa, box, container, etc.), uma vaga, parado ou andado, sendo esta a definição etnológica de carro, ao contrário do que se pensa, que a denominação de carro se deve ao possuir rodas e poder de locomover-se. Logo, os carros figurados na linguagem das máquinas na indústrianão são comparados a carro não por seu sentido verdadeiro (caixa, box), mais por seu sentido agregado, que é o andar. Logo, o andar não é o atributo que determina o ser vagão ou carro, mas o estar vazio, vago, desocupado, ter um interior (alma) onde se pode entrar, como a nave, isto é o que determina ser carro.

Wilson Amaral    
Breve Jesus Voltará
Enviado por Breve Jesus Voltará em 29/09/2006
Reeditado em 16/02/2009
Código do texto: T252292

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Breve Jesus Voltará
São Leopoldo - Rio Grande do Sul - Brasil, 50 anos
1124 textos (254288 leituras)
5 e-livros (9334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:50)
Breve Jesus Voltará