Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


  TEMPO DE ELEIÇÃO -TEMPO DE ESPERA
  Nada parece diferente,as mesmas preliminares,as mesmas promessas,mesmos discursos.Tudo igual outra vez.O povo marcha mais uma vez e marchará muitas outras eleições ainda,marcha para seu próprio carrasco.
   Mais uma vez se repete a história:promessas,promessas,promessas...
   O povo acredita, confia e espera...
   Espera dolorosa que nada trás de melhorias.Ris? É MESMO PARA RIR.Ris daquilo que nunca chega: melhoria nos salários,educação para o povo,saúde mais eficiente e coincidentemente no dia da eleição lê-se no jornal:Hospital do Rio superlotado, emergência cheira mal.
   Espera´-se mais uma vez que haja mais humanidade, desejo político de fazer o que deve ser feito.
   Espera-se e essa espera está doendo no peito,talvez não haja mais tempo.
    Espera você só um instante! Acho que não há mais tempo, tem muita gente morrendo.
COSMO
Enviado por COSMO em 01/10/2006
Código do texto: T253913

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
COSMO
Iguaba Grande - Rio de Janeiro - Brasil
137 textos (14860 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 10:37)
COSMO