Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A CONSCIÊNCIA POLÍTICA NÃO FAZ PARTE DA NOSSA REALIDADE HISTÓRICA

O voto por conveniência foi o motivo condutor para milhões de brasileiros nestas eleições. É assim que, nos grandes centros do país, votar em representantes das mais diversas instituições dividiu opiniões e forças para o interesse de alguns em detrimento do bem da coletividade. Já nas perifierias do país, onde cada cidadão tem que matar o seu próprio leão todo mês, ou seja enfrentar as argrúrias da pobreza e do proletariado, tivemos o populismo descarado dos políticos, que arrebanhou os votos de esperança do povo.

Daí a grande lição das urnas: A consciência política não faz parte da nossa realidade histórica, porque  a Democracia vai além, tanto das meras conveniências políticas, como  também da esperança vendida do povo. O bem da coletividade deveria ser o modus operandi de um estado democrático de direito e não a manutenção de interesses díspares, manipulados por artimanhas eleitoreiras.

É preciso que se louve a grande manifestação de cidadania, efetivada no espírito ordeiro e urbano com que o povo brasileiro se imbuíu para votar neste 1º de outubro. Apesar disso, elegeu os mesmos candidatos que sempre estiveram no poder, com algumas excessões de novos candidatos vendidos por luxuosas campamhas publicitárias. Há, ainda, o caso de grandes e conhecidos corruptos que voltam ao poder, os candidatos que "roubam mais fazem", os oportunistas eleitos pelos votos de legenda e os suplentes que chegarão ao poder.

Finalmente,não podemos deixar de lamentar os escândalos pré-eleitorais, produzidos para alterar a opinião imediata do eleitor, a mesma paixão atribuída aos times de futebol devotada aos candidatos, como se fosse algo lúdico,a ausência de interesse do povo pelos trabalhos dos seus candidatos eleitos e a, não menos importante, sujeira dos santinhos espalhados pelo chão de todas as cidades.

Resta-nos rezar para que tudo dê certo nos próximos quatro anos, mas não sei para quais santos, talvez isso seja assunto para uma outra eleição.
 


PS: O Segundo Turno será o mais do mesmo!
GILSON MATOS
Enviado por GILSON MATOS em 03/10/2006
Reeditado em 26/05/2009
Código do texto: T254956
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GILSON MATOS
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 39 anos
105 textos (19749 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:22)
GILSON MATOS