Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A imprensa como ela é

As luzes se acendem, as cortinas se abrem e o espetáculo inicia. O cenário se revela em pinceladas agressivas e desordenadas de política, dinheiro, proselitismo, descaso, suborno, parcialidade, interesses, rivalidade, omissão e submissão. Papel, tinta e idéias formam o palco. Na platéia, observadores de olhos atentos conhecem de longe os deslizes e proezas dos atores.

Durante o ato, cada ator luta bravamente pelo papel de protagonista, dispondo-se a ferir sua própria ética para alcançar seu propósito. A performance é precisa e os golpes são sutis. Mentir ou omitir? Não importa, pois o alvo é engordar os bolsos e manter a posição. Entretanto, os olhos do público não se fecham, não se cansam e nem se escondem. Há sempre alguém observando, mesmo quando as cortinas se fecham e a ação é realizada na penumbra dos bastidores.

Nessa peça intitulada 'Jornalismo', os atores são as páginas do Diário Catarinense , de A Notícia , e do Jornal de Santa Catarina - os três maiores jornais diários de Santa Catarina. Um trio vigiado pela crítica, análise e comentários exigentes de O Monitor de Mídia . Esse observador faz o acompanhamento sistemático dos principais deslizes éticos cometidos pela mídia catarinense.

O Monitor é uma iniciativa pioneira de crítica de mídia local. No ar desde agosto de 2001, o conteúdo do website é produzido e alimentado pela equipe de professores e alunos do curso de Jornalismo da Universidade do Vale do Itajaí - Univali. O site nasceu inspirado no Observatório da Imprensa . No entanto, o jornalista Rogério Christofoletti, seu idealizador, o adaptou a uma realidade local. Na verdade, criou-se um espaço para identificar as omissões, inversões e distorções deliberadas. Além de vigiar o sensacionalismo, a invasão de privacidade e outros abusos de poder da imprensa.

O site não é só diagnóstico das doenças da mídia. Ele disponibiliza resenhas, artigos científicos e seções fixas sobre Jornalismo e Comunicação. O internauta tem acesso gratuito a uma crítica - não necessariamente negativa -, mas uma análise que ajuda no aprimoramento dos profissionais e dos produtos jornalísticos. Monitor de Mídia faz parte da parcela da platéia que não se contenta com as táticas para privilegiar fontes de informação ou evidências de ênfase em um único aspecto da informação. É um cliente exigente com o produto que adquiriu e preocupado com a confiabilidade das informações que consome.

O Monitor é o exercício do senso crítico na leitura dos meios. Um olhar mais analítico capaz de apontar erros, enaltecer o bom trabalho e aconselhar modificações. A imprensa, como toda a grande vedete, é egocêntrica, ardilosa, eloqüente, ávida, ostentosa e mimada. Por isso, deve ter o monitoramento de um crítico.

No meio acadêmico, o Monitor é um laboratório que incentiva a pesquisa científica. Na mídia, ele tem a importância de aperfeiçoamento e, para a sociedade, seu benefício surge em longo prazo, no despertar da necessidade de um olhar com senso crítico.

Monitor de Mídia é o grito no meio da platéia: "Acorda"!
Cabreira
Enviado por Cabreira em 15/10/2006
Código do texto: T265000
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cabreira
Engenheiro Coelho - São Paulo - Brasil, 31 anos
37 textos (21836 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:04)
Cabreira