Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

JORNAL EVOLUÇÃO de 18/10/2006.

Coluna:RIPIPÂNQUI <elvislozeiko@yahoo.com.br>

“Um povo forte não
precisa de um líder forte”
(Emiliano Zapata)

>>>Poesia: “Armação, tanto faz – ou não / A condição, o manto traz – à mão / Nem que seja falsa / Nem que veja a farsa”.
>>>Da série E o Lula disse: “A disputa política neste País historicamente é velhaca”, no Roda Viva, da TV Cultura, nesta segunda-feira.
>>>Fato histórico: Ontem fez quatorze anos que a ONU definiu o 17 de outubro como dia internacional para a erradicação da pobreza.
>>>Falando do Brasil, o criticado Bolsa Família é considerado pela própria Organização das Nações Unidas como “um valioso papel de proteção social básica”.
>>>Concordo plenamente que o melhor que um governo pode fazer não é dar esmola, mas na parcela mais pobre da população brasileira o programa assistencialista chega a representar 50% da renda.
>>>O correto, claro, seria criar oportunidades de desenvolvimento socioeconômico, mas se durante séculos os miseráveis deste País não tiveram isso, não vai ser agora, da noite para o dia, que vai acontecer.
>>>É preciso ter essa visão de baixo para cima, afinal de nada adiantaria criar todas as condições para deixar ricos cada vez mais ricos e os pobres cada vez mais pobres, inclusive com reclamações dos primeiros, sendo que muitos nunca souberam o que é fome.

>>>É sério, gente. Por aqui, caso o estômago comece a roncar, é fácil calçar as sandálias da humildade e sair pedir um prato de comida. Como fica a situação dos que não tem nem para quem pedir?
>>>E em nossa Bela e Santa Catarina, que em termos brasileiros é um Estado que se aproxima muito do que se convencionou chamar de primeiro mundo, tem certas coisas que ouvimos dos candidatos que é melhor nem comentar.
>>>Fui um crítico do mandato do PP em São Bento do Sul. Hoje, por causa do PMDB, me sinto arrependido.
>>>Um dos pecados capitais da administração Fernando Mallon, em minha opinião: até agora não teve liderança na Câmara de Vereadores, embora o próprio prefeito tenha dito que “nos bastidores” a atuação do líder do governo seja importante.
>>>Por outro lado, tem a vantagem de não ser tão formal quanto o anterior, de ter ido aos bairros para ouvir a população através do Orçamento Comunitário e de ter trabalhado com competência em cima do Plano Diretor.
>>>Logicamente que este colunista pode estar totalmente equivocado, escrevendo besteira e sendo injusto, mas, sinceramente, não é nada pessoal, é isso que eu acho e se alguém quiser rebater, este espaço está disponível.
>>>Como citou há alguns dias o camarada Maurélio Machado, o “bolor de um passado não muito distante e indigno de uma nação dominada pela força de armas e de políticas obscuras” vive intensamente em algumas das nossas "otoridades. "(grifei)
>>>A vontade desses carunchentos, não resta dúvida, é amordaçar toda e qualquer forma de manifestação contrária às suas idéias, como se fossem senhoras e senhores intocáveis em seus poderes.
>>>Como o estudante chinês que peitou os tanques de guerra, como o militante que colocou uma flor no fuzil do soldado, precisamos, todos nós, entender que as elites podem comprar tudo, menos a nossa liberdade.
>>>Se bem que tem uns que se vendem por muito menos, trocando a luz própria que cada um de nós tem pelas trevas que são impostas pelo “Monstro Sist”.
Maurélio Machado
Enviado por Maurélio Machado em 18/10/2006
Código do texto: T267644
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Maurélio Machado
São Bento do Sul - Santa Catarina - Brasil
7707 textos (1651844 leituras)
2 áudios (1128 audições)
88 e-livros (6116 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:54)
Maurélio Machado