Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quem esse Lula pensa que é?


     Uma leitora me mandou um texto, que adaptado, deu isso aí embaixo. Quem é esse Luiz? Um Silva, nordestino, pobre, operário, sem estudo e ainda sem um dedo teria é que ficar mesmo trabalhando numa fábrica qualquer pelo resto da vida. Mas não! Esse atrevido consegue se tornar presidente do Brasil.

     Em menos de 4 anos um cara sem faculdade consegue tirar 8,4 milhões de pessoas da miséria, cria 7,5 milhões de empregos, reduz a taxa de juros de 85 para 14,75% ao ano, bate recordes na balança comercial, tira a economia do país do poço, aumenta o salário mínimo em 25 %, triplica a cobertura do bolsa família, investe 10,5 bilhões em saneamento básico, aumenta o poder de consumo do pobre em 60%, diminuiu o preço da cesta básica 40%, cria o ProUni (205 mil jovens), duplica o investimento em educação, cria quatro universidades federais, cria o ProJovem que beneficia 93 mil jovens, amplia o programa Brasil alfabetizado, acaba com o risco do apagão e leva energia elétrica para 3,7 milhões de pessoas, cria farmácias populares, amplia a cobertura do PSF, institui a SAMU, cria o programa “Brasil Sorridente”, inibe o desmatamento na Amazônia, investe 1,1 bilhão na segurança pública, amplia, moderniza e bota pra trabalhar a Policia Federal, inibe a corrupção através de várias CPI'S, cria o banco de dados digital de informações criminais, faz acontecer a integração nacional de informações - rede infoseg, constrói 5 penitenciárias federais, investe 4,5 bilhões em infra-estrutura de transportes, torna o Brasil auto-suficiente no petróleo, investe no biodiesel, investe 7,5 bilhões no PRONAF e ainda acredita nos brasileiros proporcionando inúmeros concursos públicos de maneira nunca vista no país e etc.

     Estadista, ele colocou o Brasil onde nenhum “doutor de Sorbonne” havia conseguido. A estrela rachou o tucano ao meio. Afinal, quem ele pensa que é? Ele conseguiu fazer muito mais que um doutor em ciências políticas fez em oito anos, ele é muito ousado. E só por isso quer ser presidente de novo? E ainda mais disputar a eleição com um médico, uma cara estudado, um doutor! Notaram como ele está preparado? Como conhece números e dados do Brasil? Enquanto o outro, nos debates, mentia com números irreais, ele respondia com dados de quem conhece o Brasil. E ainda não rebate quando é acusado no debate, apenas se defende e fala que melhorou o Brasil, que não barrou CPIs e ainda propõe uma discussão com argumentos, sem baixaria.

     Sem deboche. Quer discutir política com um doutor? Que audaz esse estúpido! Consegue se preservar no debate e ainda chama o doutor de raivoso! Que destemido esse Lula! A cada pronunciamento de FHC ele crescia nas pesquisas... Sem estudo, sem dinheiro e com muito esforço consegue superar muitos doutores. Será que é por isso que ele se reelegeu? Quem ele pensa que é? Que é melhor que um doutor?

     Não, ele é um vitorioso, imagina se ele fosse um doutor! Surpreendentemente, enquanto há um certo travamento no petismo, surge o lulismo, com toda a força.

     Para muitos políticos que nasceram na elite brasileira e fizeram faculdades sem enfrentar dificuldades é humilhante ter que aceitar esse triunfo desse simples Luís, um Silva nordestino que parece ser muito mais genial que qualquer um deles.

     Realmente, se em mim o “ser doutor” estivesse acima do “ser gente”, se o “ser elite” superasse o “ser pessoa humana”, realmente, eu estaria – como está a direita raivosa – “puto da cara” a essa hora.

Antônio Mesquita Galvão
Enviado por Antônio Mesquita Galvão em 30/10/2006
Código do texto: T277729
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antônio Mesquita Galvão
Canoas - Rio Grande do Sul - Brasil, 74 anos
981 textos (321571 leituras)
10 e-livros (3490 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:46)
Antônio Mesquita Galvão