Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Inspirado num texto atribuído a Kátia Cruz, que eu pensava que era de Quintana"

Em 2004 recolhi o seguinte pensamento em uma das páginas da Internet: (Trecho) "...Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquele cara que você AMA (ou acha que AMA), que não quer nada com você, definitivamente não é o homem da sua vida. Você aprende a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você. O segredo é não correr atrás das borboletas... é cuidar do jardim para que elas venham até você. (Citação atribuída a Walter D. Ehlers) no final das contas, você vai achar não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você! (texto atribuído a Kátia Cruz)

Depois de ler o trecho este me despertou a atenção, para um pensamento, e escrevi o que sentia...

Que faço agora
'Amigo',
Compromisso demais:
Assusta.
De menos?
Individualiza.

Espero um
Candidato
A 'Sapo'
Cair no colo...
...em pleno
século XXI?

(se não der certo,
Homem-alado,
Juro
Que te acho
prá beliscar
Tua ASA
Quando
Chegar lá...
No céu)

Meu coração
De Criança
chegará um dia
lá...

rosangela_aliberti
São Paulo, 16.05.04

Faz dois anos e alguns meses e ainda penso da mesma forma, mas não foi somente esta conclusão que tirei hoje, agora em outubro de 2006... depois de muito tempo vim saber que quem havia escrito o 'Trecho' acima, não fora Mario Quintana, apesar de ter estranhado esta frase "percebe também que aquele cara que você AMA (ou acha que AMA)" e a citação de D. Elhers sobre as borboletas que "corre" em um belo pps exibido pela internet basta apenas digitar em algum mecanismo de busca: Quintana pps (que você poderá ver o pps que estou me referindo no momento), este movimento me deu a idéia de revisar programas de power point:

ACESSO  PPS(S)  REVISADOS:
http://www.esnips.com/web/rosangelalibertisStuff
Eu pensei que estava 'conversando' com algumas borboletas de Mario Quintana, porém não eram as borboletas do poema de Vinicius de Moraes, nem algo escrito por Quintana, no entanto as palavras soavam como borboletas...  (mas não eram!) Eis: As verdadeiras borboletas de QUINTANA
http://www.rosangelaliberti.recantodasletras.com.br/visualizar.php?idt=1026838

Logo após ter entrado em contato com a realidade do fato me intriguei, havia pensado no escritor Mario Quintana e a energia que emiti ao escrever, continua sendo a mesma tendo um significado (ao menos para mim).  O que podemos fazer quando pensamos que estávamos conversando com pessoa e na verdade era outra pessoa???
 
Como assim? Como se estivéssemos ouvido uma voz que nos parecia conhecida.  Paciência, até as mães se confundem com gêmeos de vez em quando?

OS POEMAS

Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro que lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto;
alimentam-se um instante em cada
par de mãos e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhado espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mario Quintana 
In: Esconderijos do Tempo 

Antologia poética de Mário Quintana
Pode-se fazer o download e ouvir os poemas (na voz do autor):
http://viciadosemlivros.blogspot.com/2008/06/antologia-potica-de-mrio-quintana-1983.html                           

E por falar na fala do amor está dentro de todos nós, no entanto esta é individual e ninguém gosta de ter o seu nome trocado por outro.

Não fiquei desapontada com o que li, pois "herrar é umano" mas confesso que fiquei por aqui pensando nas divulgações erradas que vem se estendendo... recolhi o texto abaixo que indica textos conhecidos na net, que NÃO SÃO DO MARIO QUINTANA mediante uma seleção de Emílio Pacheco, um jornalista gaúcho, repassado por Lisieux www.recantodasletras.com.br/autor_textos.php?id=428, empenhados em não propagar textos de falsa autoria:

A frase das borboletas "Com o tempo ou correr atrás da borboletas..."
http://sosfauna.braslink.com/reflex.htm é de autoria de D.Elhers.

A Impontualidade do Amor
http://web.archive.org/web/20040220195906/almas.terra.com.br/martha/martha_12_05.htm
Autora: Martha Medeiros
_________________________

Deficiências
http://www.floramarela.com.br/pag.asp?id=4&sub=8
("Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida, etc.")
Autora: Renata Villela

...mais a respeito http://www.midiaindependente.org/es/red/2005/12/341480.shtml

_________________________

Algo sobre o amor (ou: "Para meus amigos que estão ...solteiros... Casados...etc") Amadurecimento (Aprenda a gostar de você, a cuidar de você e, principalmente, a gostar de quem também gosta de você...) "Se for para esquentar, que seja no Sol, etc."

Felicidade realista
http://www.nossosaopaulo.com.br/Reg_SP/Barra_Escolha/A_Felicidade_Realista.htm
Autora: Martha Medeiros
___________________

Idade para ser feliz
http://www.paracrescer.com.br/pasta_poemas/index_poem.htm
http://www.velhosamigos.com.br/Ilustres/helena2.HTML
Autor: Geraldo Eustáquio de Souza

Certezas/Não quero que alguém morra de amor por mim...
http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=5906650836068853818
Autora: Adriana Britto

Promessas Matrimoniais
http://www.blassoc.com.br/bettyvidigaltextoqt.htm
Autora: Martha Medeiros

Sentir-se amado
http://www.autordesconhecido.blogger.com.br/2006_09_01_archive.html
Autora: Martha Medeiros

Sermão do casamento (o título correto é Casamento na Igreja)
http://web.archive.org/web/20040404104548/almas.terra.com.br/martha/martha_26_05.htm
Autora: Martha Medeiros

Recomeçar, foi encontrado na Internet com autoria de Kátia Cruz
e o título de
http://www.mensagensvirtuais.com.br/msgs.php?id=4041

Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra é bobagem... A frase "você se torna eternamente responsável por tudo aquilo que cativa", citada nesse texto, é de Saint-Exupery em
"O Pequeno Príncipe".
A frase "Quem não entende um olhar jamais entenderá uma longa explicação" é um provérbio árabe citado em inglês aqui
http://oudpage.tripod.com/proverbs.htm e em várias outras páginas da Internet. 

Amor é síntese Trecho: Início (...) Por favor, não me analise/Não fique procurando... Final (ninguém abraça um pedaço), me envolva todo em seus braços E eu serei perfeita, amor!  
Autora: Mirthes Mathias  


Amor é síntese

Por favor, não me analise
Não fique procurando
cada ponto fraco meu
Se ninguém resiste a uma análise
profunda, quanto mais eu !
Ciumenta, exigente, insegura, carente
toda cheia de marcas que a vida deixou :
Veja em cada exigência
um grito de carência,
um pedido de amor ! 

Amor, amor é síntese,
uma integração de dados:
não há que tirar nem pôr.
Não me corte em fatias,
(ninguém abraça um pedaço),
me envolva todo em seus braços
E eu serei perfeita, amor! 

Mirthes Mathias
In: Bom dia amor!
Juerp, 1990

 
Nota: O poema acima tem sido repassado como se fora escrito com o eu lírico masculino (No caso, mas não é dele... está no livro Bom dia amor! Juerp, 1990 da autora mencionada acima, escrito com eu-lírico, feminino)

_____________________________ 

O pensamento das pessoas anda interligado, como as paisagens que nos são dadas espontaneamente todos os dias pela Natureza e de certa forma sempre acabamos construindo nossos próprios encadeamentos, talvez este, sirva para situarmos na realidade atual: podemos pesquisar mais e prestar atenção melhor nos conteúdos intertextuais... (grifos, meus)

Termino este bate-papo informal: 

O Eterno Sacrifício

Como dar vida a uma verdadeira obra de arte
A não ser com a própria vida? 

(Mario Quintana, in: Velório sem Defunto)

25.02.08 Vide mais a respeito, em
Falsos Quintanas:
http://www.rosangelaliberti.recantodasletras.com.br/blog.php?idb=10450


MARIO QUINTANA no wikipedia

* Frases e Poemas

* Sem fontes (não são de Mario Quintana)

* Falsas Atribuições

* Dicas

http://pt.wikiquote.org/wiki/M%C3%A1rio_Quintana

Poemas na voz do autor:
http://www.estado.rs.gov.br/marioquintana/principal.php?menu=19&idPersonalidade=2 (para que estiver navegando)




Rosangela_Aliberti
São Paulo, 30.X.06
1º publicado em maio-05
republicado em  2008


Visite a Comunidade: Afinal, quem é o autor? e / ou  O verdadeiro Quintana
(orkut) - Repasse com PESQUISA.

 

 

 

 

Rosangela Aliberti
Enviado por Rosangela Aliberti em 30/01/2005
Reeditado em 08/12/2013
Código do texto: T2882
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosangela Aliberti
Atibaia - São Paulo - Brasil
345 textos (1552017 leituras)
33 áudios (64199 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:49)
Rosangela Aliberti

Site do Escritor