Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER FELIZ



SER FELIZ

Será possível ser feliz nos dias atuais? Talvez até seja, mas com um condicionamento e uma segurança redobrada. Quem anda cercado por guarda-costas jamais poderá se considerar um homem livre e principalmente feliz. Inúmeras situações no mundo resultam das escolhas que fazemos. Haverá momentos em que sentirás impelido ao revide. Seja perseverante, escolha a concórdia, pois não faltará instantes para o desânimo te envolver. Temos que suportar as dificuldades com paciência, visto que a impaciência pode nos levar ao estresse, esse a depressão, ela ao suicídio. Os casos de suicídio têm aumentado assustadoramente no mundo. A desolação, o sofrimento, as agruras da vida, leva o ser humano a tirar a própria vida. Saibamos ouvir sem discutir. Aprendamos a suportar as dificuldades com paciência. Alguém irá se pronunciar dizendo: “se conselho fosse bom ninguém os daria, vendia.”.
O sofrimento é incalculável que a paciência já se esgotou. Compreendamos para sermos compreendidos. Sigamos na estrada do bem, abrindo o coração através do sorriso. A felicidade não entra em portas fechadas. “É verdade, mas tem um, porém”: “se você deixar as portas escancaradas perderás a felicidade e a paciência, pois lhes levarão tudo que possuis”. Como preceitua os livros sagradas Jesus sempre falou através de parábolas e na verdade suas conotações no Evangelho poucos ainda sabem decifrá-las. Mesmo assim temos que aceitar os ensinamentos de nossos irmãos mais instruídos e evoluídos em todos os sentidos: “simbolicamente, a paciência é um sedativo da melhor qualidade. Usando-a, nessa condição, ei-la fazendo prodígios”. “Antes, de tudo, é vacina contra a irritação, acalmando-nos a vida íntima”. Muita assertiva nesse posicionamento, mas na realidade a população já perdeu a paciência, em conseqüência à irritação tem levado o homem ao desespero cruel e desumano. Somos vítimas de um capitalismo selvagem, onde as grandes autoridades mundiais querem levar vantagem em tudo. Dão com uma mão e retiram com outra. São verdadeiros vampirizadores e ainda querem se intrometer na política alheia. Por isso, não grite. Conserve a calma. Use a imaginação, sem excesso, fale com inteligência, sem exibição de cultura, e nesse ínterim aparecer um gaiato para dizer: “pimenta nos olhos dos outros é refresco”.

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI
Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 16/11/2006
Código do texto: T293100
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
2093 textos (758945 leituras)
1 e-livros (161 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:21)
Paivinhajornalista