CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto




Sonhar com pés e/ou sapatos – o que significa? 

É durante o sono que as nossas experiências pessoais que aconteceram durante o dia são armazenadas no nosso cérebro.

É quando as nossas memórias são fixadas de modo ordenado na mente.
Este fato nos revela que, de forma inata, existe no cérebro um mecanismo que permite com que as memórias sejam organizadas e classificadas.

A Psicologia Junguiana nomeia as “gavetas” deste extenso armário biográfico de arquétipos.(como se fossem formas)

Por exemplo: o arquétipo de mãe vai atrair para junto dele todas as experiências vividas, sonhadas ou imaginadas referentes à maternidade.

Por isto que, quando conceitos são expressos por diferentes pessoas normalmente não tem o mesmo significado.

Cada “pasta” mental tem os seus arquivos pessoais e cada experiência de vida, por exemplo, com a palavra “mãe” é singular.

Se para mim a palavra mãe traz das minhas memórias, as emoções de aconchego e amor, para uma pessoa que teve uma experiência de dor com a “sua mãe”, esta palavra/conceito vai carregar um significado de angústia e de sofrimento. 

É justamente neste momento do “arquivo” desse processo organizativo e classificatório que surgem os sonhos, onde nosso inconsciente vai agir- se permitirmos - no conteúdo delas.

Somos capazes de poder voltar no tempo nos sonhos e como num flashback ressignificar o que vivemos.

Quando acordamos, ao lembrarmos dos nossos sonhos e os trazermos para nosso consciente, buscando entendê-los, vamos buscar lá nas nossas “pastas mentais” os recortes das nossas experiências.

Fantástico é este design  do nosso cérebro não é? 

E é na nossa memória de longo prazo –às vezes um arquivo morto já - que vamos evocar nossas emoções quando as contingências da vida se repetem...

...se armazenamos assertivamente as nossas memórias, elas serão resgatadas com o que de fato aconteceu , e não com o que inferimos do que acontece conosco e dos nossos relacionamentos interpessoais. 

Portanto, se o sonho interfere no conteúdo das memórias, ele influi também no conteúdo da consciência, ou seja - na realidade da nossa vida.

...
Nossos pés nos conduzem na vida e significam nossa base estrutural.
Quando sonhamos com nossos pés estamos buscando, evocando nossa base vital e estrutural.
É com nossos pés que tocamos no chão.
É com nossos pés que caminhamos e nos direcionamos nos caminhos da nossa vida, das nossas escolhas, das nossas decisões.

São nossos pés que se molham que se machucam, que formam calos e que sustentam o peso do nosso corpo.

A expressão... ”- pise seus pés no chão” – quer dizer, volte a realidade da vida, pise firme na “terra” da sua existência.

Ou quando estamos apaixonados que vivemos “nas nuvens”, ou seja... nossos pés são asas nestes momentos.

Os dois movimentos são necessários, como numa dança.
A graça e a leveza dos dançarinos se medem pelo equilíbrio tanto no chão, como quando os pés fazem coreografias no ar.

...
Sonhou com os pés desnudos no chão em contato direto com a terra?

... Este sonho foi para lembrar de você mesmo(a)....da sua estrutura humana, carente e merecedora de afeto, de carinho e de amor.

Como está o seu tesão pela vida?
Lembre-se que é a vibração do corpo que produz nossos pensamentos.
Nossa libido escorre dentro do nosso corpo.
Ela vai irrigando nossas células, lá na fenda sináptica e junto com os neurotransmissores refletem através dos neurônios, o prazer orgástico para cada cantinho do nosso corpo.
Já sentiu um orgasmo longo, intenso e tão prazeroso que latejou lá na sola dos pés?

Para Freud o pé é um símbolo fálico - porque lembra o formato do falo.
Sapatos seriam a vagina que “veste” o pênis.
Pés são eróticos... e sua imagem gera fantasias e fetiches.

Beijos, lambidas e massagem nos pés provocam arrepios e gemidos de prazer.

...
Machucou seus pés no sonho?
A realidade da sua vida está sendo dura, desafiadora e muitas vezes cheia de dor e sofrimento?
Permita que a sua libido faça os movimentos naturais dentro de você, ela pode ser o unguento que cura as feridas e ameniza as calosidades e embrutecimentos do existir-no-mundo. (uma espécie de morfina natural)

 

Já percebeu que quando as pessoas estão deprimidas elas não andam, mas se arrastam?
É que a depressão faz perder o “tesão” pela vida.
Perder o “tesão” significa morrer nos sonhos, não sentir mais a pele vibrar, nem os olhos se revirarem no paraíso das sensações corporais, e nem tampouco dançar a melodia da vida.
Libido é movimento.
É vida pulsante.
É o combustível que possibilita que nossos pés tenham a energia para caminhar com firmeza nos desafios da vida, ou pular, desviar dos obstáculos e abismos, ou dançar nas celebrações das vitórias e alegrias.

 

...
Ah. o sonho foi com  sapatos?
Sapatos “vestem” nossos pés, para que o atrito com o chão fique mais confortável, mas também “evitam” o contato direto na terra.
Relacione ao símbolo fálico.Viver uma sexualidade que seja estimulante e prazeirosa nos deixa mais leves e serenos, mais dispostos e mais fortes no enfrentamento das realidades duras e até cruéis que a vida nos apresenta.
Está faltando esta leveza em sua vida?
Sua jornada está cansativa?Pesada?

 

Perdeu um dos sapatos no sonho?Ou esqueceu-se de colocar um dos sapatos?
Este é um sonho muito comum.

É para que lembremos que precisamos muitas vezes perder/esquecer este “eu” que está escrito na certidão de nascimento, ou no CPF.
É para nos fazer lembrar que por detrás da nosso foto lá na identidade –(do que aparentamos ser na vida) - há um SER... que quer se expressar...quer viver e ter/sentir prazer.
Não está faltando à expressão do prazer e da sexualidade na sua vida?

Pense que pode estar existindo uma de-cadência do seu projeto essencial (não há mais cadência-ritmo)... pelo contrário há o desvio do foco  prazeroso da vida, em prol das preocupações cotidianas,ou das aparências do que queremos mostrar as pessoas. (sapatos também são usados para nos vestirmos adequadamente nas várias situações no nosso cotidiano).

Essas preocupações podem nos distrair do nosso verdadeiro objetivo na vida, do mesmo jeito que nossa preocupação no sonho é a perda ou esquecimento do sapato e não onde estávamos indo.

Pense nisto com cuidado ao ter estes sonhos.
Pergunte-se qual é o propósito da sua vida.
E pense nos seus desvios (esquecimentos e distrações) neste caminho. 

Termino o texto com um verso lindo do poema:
Os teus pés de
Pablo Neruda:

“... Mas se amo os teus pés
é só porque andaram
sobre a terra e sobre
o vento e sobre a água,
até me encontrarem
.”

Lembre-se sempre que erótica é a alma-palavras da poeta Mineira Adélia Prado.

E erotizar a vida e o cotidiano podem trazer graça, firmeza e leveza no nosso caminhar!

Paz pra você, sempre!

Ne. Poesia 09.02.2011


 

Este artigo tem como constructo teórico a Psicologia de Carl Gustav Jung – Psiquiatra Suíço e fundador da Psicologia Analítica Junguiana.
O estudo sistemático dos sonhos, de seus pacientes e dos seus próprios sonhos, bem como dos conceitos Junguianos, encontram-se descritos numa extensa bibliografia deixada como herança deste grande curador de almas, como também dos seus inúmeros discípulos (Marie-Louise Von Franz, por exemplo) que nomeá-los aqui como referencias a lista seria extensa demais.
 
O livro O Homem e Seus Símbolos quem sabe seja - para mim - uma referência maior.
Nele Jung pontua que
o homem só se realiza através do conhecimento e aceitação incondicional do seu inconsciente — conhecimento este que ele busca e toma para si, através da análise dos seus sonhos.



Links de outros artigos.(Para abrir pausar o mouse no título e clicar).
 

Sonhar com bebês e/ou crianças- o que significa?

Sonhar com cobra – o que significa?


Sonhos Premonitórios
 
 








 

Maria Poesia
Enviado por Maria Poesia em 12/06/2011
Reeditado em 12/07/2012
Código do texto: T3029920
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Maria Poesia
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil
146 textos (2218497 leituras)
10 áudios (5368 audições)
3 e-livros (16251 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/07/14 08:18)

Site do Escritor