Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

".........................IS IT THE SOCIETY WHAT DREAM?........................."

        Qual o melhor autor do momento? Qual igreja cristã é a detentora da verdade? Qual linha de pensamento explica melhor o momento político e econômico? Afinal o que é e quais os objetivos da Globalização? Existe, realmente, Globalização?
Estes questionamentos incomodam ou pelo menos esperamos que incomodem, posto que sendo esta uma época de um niilismo nunca visto dantes, é de se esperar que alguns parcos espíritos, ainda dotados de bom senso, se sintam inquietos. Saímos da caverna como queria o velho e benevolente Platão, só que ele esqueceu-se de nos informar o quanto é vasto o universo aqui fora e que trilha tomar nesta colossal floresta, sem falar da perturbadora Luz da Razão a ofuscar-nos a vista o tempo todo. Será que é essa facilidade de caminhos a seguir a grande dificuldade? Impossível dizer, visto que num tempo em que a Ciência vive de rasgar as saias de Ìsis, seres humanos ainda são capazes das mais ortodoxas e dogmáticas travessias, quando um simples “por quê?” os faria imediatamente tomar outro rumo totalmente diferente. A livre capacidade de escolher está fazendo com que a humanidade cada vez mais escolha errado e isso em setores precípuos à vida, o que é estarrecedor! Será que devíamos proclamar restrições à liberdade de escolha? Não é esta a saída, certamente. – De que valeriam os regatos de sangue que jorraram para mexer a argamassa da nossa atual democracia se se tomasse uma atitude destas?
A livre iniciativa, o livre arbítrio são imprescindíveis ao desenvolvimento, entretanto o direto a dados e informações concretos também o são. Não estamos falando de mensagens subliminares, - isto é um artigo sério -, falo do aliciamento, proposital, provocado pelos órgãos de comunicação, por exemplo. Como conferirmos, nesta era de niilismo, capitalismo, fanatismo, fundamentalismo, catolicismo, protestantismo, ceticismo, etc., se os fatos que chegam até nós são verdadeiros? Até onde vai a seriedade de quem é capaz de vender a alma ao diabo por dinheiro, como o são a maioria dos donos de emissoras de TV do nosso país? E são eles que peneiram tudo que nós iremos engolir! Isso sem falar da influência funesta do poder político nestas emissoras e nas de rádio também onde o quadro é ainda mais revoltante. Estamos como que perdidos numa mata, não escura, mas perfeitamente iluminada, porém com várias trilhas sem placas informativas, que levam a destinos desconhecidos. Para se ter uma idéia a Internet, que não é mais nenhuma recém-nascida, é, ainda, totalmente desorganizada, pouco funcional e chula. Tentem procurar a biografia de qualquer um dos grandes escritores estrangeiros do momento e poderão comprovar o que estou dizendo.
Já está mais do que na hora de a humanidade fechar para balanço, antes que o prejuízo seja incalculável e irrecuperável. Devemos o mais depressa possível rever nossos conceitos ou então chegaremos qualquer dia desses, ao absurdo de esquecermos o nosso próprio nome, dada à inundação de influências que age sobre o homem moderno.

      Aracati-Ce, 19 de agosto de 2006.

André
André Breton
Enviado por André Breton em 28/11/2006
Código do texto: T303604

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
André Breton
Aracati - Ceará - Brasil, 31 anos
60 textos (11780 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:27)
André Breton