Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Brinquedo proibido



O FOTÓGRAFO E ROTEIRISTA FERNANDO BARBOSA(*) CONVIDOU-ME A ASSISTIR À PRÉ-ESTRÉIA DE SUA PEÇA “BRINQUEDO PROIBIDO”.ERA UMA TARDE MORNA E CHEGUEI À CASA DO ARTISTA, FILIGRANADA DENTRO DE UM JARDIM ENCANTADOR, CUJA SALA HAVIA SIDO TRANSFORMADA EM PALCO,COM MEU FILHO, SEU AMIGO, ALESSANDRO (ALLEZ PESSOA, DESENHISTA E CONTRABAIXISTA ).SENTADA A ESPERAR, OLHO NOS PREPARATIVOS, POIS A REPÓRTER QUE FUI NÃO SE DESVINCULA DA PSICÓLOGA QUE SOU,ESTAVA BASTANTE CURIOSA E HONRADA POR TER SIDO ESCOLHIDA PARA DAR ASSESSORIA, NA ÁREA DE PSICOLOGIA , AO AUTOR.NA VERDADE, O FERNANDO QUERIA SABER SE, COM MINHA EXPERIÊNCIA DE MAIS DE DUAS DÉCADAS, LIDANDO COM ADOLESCENTES,

EU APROVAVA A PEÇA.

A DELIVRANCE DA PERSONAGEM DE BRINQUEDO PROIBIDO, DÁ-SE POR TRÁS DEPANOS ESTRATEGICAMENTE COLOCADOS.MESTRE EM SOMBRA E LUZ, NA FOTOGRAFIA, O DIRETOR USOU ESSA EXPERIÊNCIA

PARA TORNAR MUITO INTERESSANTE A MIS-EM-SCÈNE.

KAREN, AO FAZER A PROTAGONISTA(*), DE TAL FORMA ABSORVEU O IMPACTO DO MONÓLOGO, QUE PRENDI A RESPIRAÇÃO DURANTE TODA A PERFORMANCE.QUANDO TERMINEI, O SUSPIRO, PROFUNDO MOSTROU QUE O PEITO DOÍA E QUE O CORAÇÃO FIBRILAVA.LINDÍSSIMO TEXTO.

A MONTAGEM VAI MOSTRANDO A MENINA QUE FOGE DE CASA E ENVEREDA PELA DROGADIÇÃO, PERDENDO-SE DE SI, EM MEANDROS PSICÓTICOS.CADA VEZ MENOS CONSCIENTE DE SEU EGO, ACABA POR EMERGIR DE SI PARA SI, PHOENIX A ALÇAR VÔO APÓS AS PENOSAS EXP-ERIÊNCIAS.

O DIRETOR USA O SÍMBOLO DA BONECA EXATAMENTE COMO UM ÍCONE DE VÁRIAS PASSAGENS:A PESSOA- EM-DESTRUIÇÃO, SIMBOLIZADA PELO BRINQUEDO DESTROÇADO(*),MAS, ANTES DE TUDO, A TRISTE RUPTURA , A RUPTURA DA INOCÊNCIA, AS MÁCULAS ONDE DEVERIA HAVER INFÂNCIA, PUBERDADE, ADOLESCÊNCIA...E A JOVEM ATRIZ REALMENTE CONSEGUIU ,NUMA ANTROMORFIA SIMBÓLICA MAS MUITO FORTE, TER NAS MÃOS ESSA BONECA, TÃO QUEBRADA QUANTO ELA, PARA , EM MUITOS MOMENTOS, MONOLOGAR EM CATARSE A SUA PRÓPRIA RUÍNA.E AO ROMPER COM A PODRIDÃO, SIMBOLIZA NA BONECA CONSERTADA, SUA PRÓPRIA ALMA COSTURADA...

A CISÃO COM A REALIDADE DÓI , PORQUE ESSA MENINA FUGIDA DE CASA PARA CAIR “NO FUNDO DO POÇO” EM ABISSAIS ANGÚSTIAS, NÃO SABE MAIS DE SEU EGO.SOMENTE SE EMPODERA DE SEU SELF, NA CENA FINAL.E O FAZ A OLHAR-SE NO ESPELHO, ARCAICO SÍMBOLO DA MULHER,ESSA MENINA QUE SAI DE CASA COM UMA BONECA QUE VAI SENDO DESTRUÍDA SIMBÓLICAMENTE AO LONGO DO MONÓLOGO,DAS ANDANÇAS, PARA, POR FIM, SER APRESENTADA ,GLORIOSAMENTE, RENOVADA, CONSERTADA, COMO A PRÓPRIA PROTAGONISTA....

KAREN , A INTÉRPRETE, SEM POSSUIR VIVÊNCIAS PROFUNDAS , CONSEGUE ENTÃO, O ÁPICE DE SUA INTERPRETAÇÃO.

MOSTREI AO FERNANDO O TEXTO “O OUTRO E EU”, PUBLICADO NA PRIMEIRA COLETÂNEA DA REDE BRASILEIRA DE ESCRITORAS-REBRA-“TALENTO BRASILEIRO EM PROSA E VERSO” E ELE HONROU-ME AO DIZER

QUE INCLUIRIA O TEXTO NESSE MOMENTO FINAL.

BRINQUEDO PROIBIDO, A MEU VER, DEVERIA SER ENCENADA EM TODAS AS ESCOLAS ONDE ADOLESCENTES VIVEM SOB O FASCÍNIO OU O MEDO DE DROGADIÇÃO .O DOLOROSO CAMINHO PROTAGONIZADO POR KAREN, FAZ PARTE DA REALIDADE DE MUITOS.TODOS OS DIAS, NOSSA JUVENTUDE SUCUMBE AO APELO ENGANOSO DAS DROGAS, DOS TRAFICANTES, DOS ALICIADORES.

SEMPRE CONVERSEI FRANCAMENTE COM MEUS FILHOS, MEUS PACIENTES, SOBRE ESSE ASSUNTO.NO SERVIÇO DE ATENÇÃO INTEGRAL À CRIANÇA E AO ADOLESCENTE(SAISCA), NO HOSPITAL JÚLIA KUBTISCHECK,QUE COORDENEI ATÉ APOSENTAR-ME, OS ADOLESCENTES QUE PERTENCIAM AO PROGRAMA NÃO SE ENVOLVERAM NESSA ARMADILHA.TORNARAM-SE MULTIPLICADORES DA VERDADE SOBRE AS DROGAS, NATURALMENTE.UM DELES ME DISSE:”NENHUM DE NÓS QUE PASSOU POR VOCÊ, DEU PARA NADA RUIM”.ISSO, ANOS DEPOIS DE EU TER ME AFASTADO DESSE TRABALHO QUE AMAVA.SEM DÚVIDA, O MELHOR PRESENTE QUE ME DERAM.

BRINQUEDO PROIBIDO:UM TÍTULO SIGNIFICATIVO, NUM TRABALHO DE PESO.OXALÁ OS DONOS DO PODER PERMITAM QUE ESSA PEÇA SEJA MUITO CONHECIDA.ELA AJUDARÁ MUIYTO NA EVITAÇÃO DO MAL QUE GRASSA EM NOSSA JUVENTUDE...

Clevane Pessoa



ABAIXO, O TEXTO DA ANTOLOGIA REBRA:

***********************************************



O outro eu



O outro é sempre meu espelho polido ou embaçado de aço ou até quebrado-pois ajo pensando no que ele de mim vai pensar,como vai refletir seu modo de ser ...como a imagem de Narciso, idêntica,mas não ele mesmo, pode encantar-me no bom e no mau aspecto.Se EU não cuidar de MIM, as águas do meu imaginário ficarão de tal forma misturadas ao real, que, confusa,não saberei com nitidez quem será esse OUTRO,que da superfície ou das profundezas,cumpre seu fadário e me atri com o mistério do seu nomeE se debruçar-me demais para descobrir os fios da trama desse enigma pessoal,poderei ser tragada e me perder de quem sou...
Até onde sou essa outra pessoa?Até onde nela estou?E ela, será meu criador ou minha criatura?Qual o ponto de fusão de nossos selfs?O que lhe dei de mim?O que recebi em troca,nesse processo de ter deixado esse outro Sêr estar em Mim, assim como Eu estou nele?Qual o sutil limiar da luz que nos torna dois?...Mas é o Outro quem me completa.Sem ele tenho vazios e vácuos,flutuando etereamente, à procura de uma simbiose que me dê consciência, resiliência...

In/completamente feito, imperfeito, mal formado e imaturo, todo Sêr está condenado à incompletude se não deixar-se interpenetrar por esse OUTRO...
Assim como no pólen reside o segtredo imensurável da flor, o OUTRO é o gérmen de nossa vida -e eu me curvo docilmente a esse decreto, lição de eternidade...

(Clevane Pessoa,in "Talento Feminino em Prosa e Verso", selo editorial REBRA, 202, pg 31)

(*)Fernando Barbosa:fotógrafo e teatrólogo,residente no Bairro Padre Eustáquio,em Belo Horizonte.MG,Brasil

(**)Karen: a intérprete do monólogo, à época em que o assisti.
clevane pessoa de araújo lopes
Enviado por clevane pessoa de araújo lopes em 07/07/2005
Reeditado em 19/09/2006
Código do texto: T31946

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (autor e o link para o site "www.sitedoautor.net(Clevane pessoa de araújo lopes;(www.clevanepessoa.net/blog.php)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
clevane pessoa de araújo lopes
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 69 anos
555 textos (176733 leituras)
21 e-livros (13423 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 10:10)
clevane pessoa de araújo lopes