Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Jeremias 28 - Dois Profetas, dois exemplos. A quem seguir?

Jeremias 28. 6 a 16  – Um povo, uma época, dois profetas e duas profecias.

Introdução
Na Bíblia existem 3 histórias cujo os personagens chamam-se Ananias e cada um deles nos deu uma lição diferente.
Ananias esposo de Safira – Nos ensina que a mentira não leva a lugar nenhum e que os resultados são sempre  piores pra o mentiroso.
Ananias, que orou por Paulo – Nos ensina que devemos obedecer ao Senhor, memso que a sua ordem nos pareça estranha.
Hananias o falso profeta – Que através do seu mal exemplo, nos ensina que  o melhor mesmo é entregar a Palavra de Deus, mesmo que seja contra nossos líderes e governantes, pois do contrário corremos o risco de morrer.

O povo de Judá estava perecendo porque de novo tinham se afastado do Senhor. Abraçara deuses estranhos e misturava-se em casamentos impuros e situações que afetava  a fé, destruiram a comunhão com o Senhor. Agora, vivam gemendo de dor por estarem sendo escravisados pela Babilônia.
Neste cenário deprimente ainda haviam outros personagens: Um rei iníquo, um falso profeta e um profeta comprometido com a Verdade.

A Falsa Profecia

Hananias profetiza para Zedequias, rei de Judá, que as coisas iriam dar certo e que no prazo de 2 anos, que haveria liberdade, que a Babilonia seria destruída ao cabo do tempo por ele determinado.
Profetizou em nome do Senhor, mas era falso profeta.
O profeta Jeremias concordou com Hananias, embora tenha lembrado a este que os profetas que vieram antes deles, não tenham profetizado nada de novo bom para aqueles dias.
Não podemos falar o que queremos ou o que agradar as pessoas e sim entregarmos a mensagem que o Senhor nos entregou. Sendo esta Mensagem boa ou não aos nossos olhos.
Ao ouvir a advertência discreta, porém firme do profeta Jeremias, Hananias irou-se e em sua ira  agrediu-lhe.
Jeremias chamou Hananias à resposabilidade, esclarecendo que o povo estava naquela situação, perecendo por seus próprios pecados.

Não devemos dizer o que os outros querem ouvir.

O povo vivia em pecado e a idolatria imperava entre o povo do Senhor, Zedequias era um rei profano e Hananias era apenas um religioso comprometido com os líderes e poderosos de então. Jeremias era um profeta comprometido com a Verdade. Para ele o importante era o que Deus falava e jamais aceitava a mentira.
De todos os citados acima, o que nos deixa um bom exemplo é, sem dúvida o profeta Jeremias. Devemos, como ele, falar a Verdade em todo o tempo.
O exemplo de Hananias gera morte, leva qulquer um à continuar em seu erro. Se seguir o exemplo Hananias morreremos espiritualmente.
Profetize a Verdade e prosperarás.
Profetize a Mentira e perecerás.
Devemos em todo o tempo cumprir a Palavra. Pois é uma Palavra de Vida.
Ao quebrar o canzil – jugo – que Jeremias trazia consigo como símbolo de sua posição como Profeta do Senhor, Hananias estava desautorizando como homem de Deus, como Mensageiro do Senhor na Terra. Esta atitude – quebrar o canzil – era deixar claro que não reconhecia Jeremias como Profeta e Servo do Senhor.
Hananias queria que sua palavra fosse conhecida pelo povo.
Então o Senhor se manifestou ao Profeta Jeremias e lhe mostrou que de fato sua Palavra não tinha mudado e que o jugo de Judá não era de madeira, como os do profeta. Deixou claro que a situação não mudaria e que Hananias morreria naquuele mesmo ano.
Naquele mesmo ano Hananias morreu como fora profetizado pelo profeta Jeremias e morreu esperando ver se cumprir sua falsa profecia.
Seguir o exemplo de Jeremias é fazer o ordenado pelo Senhor, sermos nós também exemplo de verdade em todos os lugares onde estamos.
Deus nos faz sábio para que possamos entregar ao povo aquilo que Deus quer.
Jeremias era um homem de visão, que só acreditava na Palavra que viam do Senhor. Para ele o que valia era a bênção que vem no tempo do Senhor.

O diabo usa de meios para te enganar, para que você não creia mais no Projeto de Deus e tenta fazer com que acreditemos que o que temos não veio da parte do Senhor, que nada recebemos de nosso Deus.
Jeremias não foi pego de surpresa. E nós também devemos estar atentos para não sermos pegos de surpresa.
Um profeta pode ter muitos meios para profetizar, muitas formas de entregar uma Profecia, mas não deve esquecer nunca que a Verdade está com o Senhor.
Elisabeth Lorena Alves
Enviado por Elisabeth Lorena Alves em 27/10/2011
Código do texto: T3300672
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2011. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elisabeth Lorena Alves
São Paulo - São Paulo - Brasil, 46 anos
683 textos (140886 leituras)
1 e-livros (615 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 26/07/17 15:59)
Elisabeth Lorena Alves