Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O TESOURO DE BRESA (SABER)

“Para ter mais amanhã, você precisa ser mais do que é hoje “
                    Jim Rohn

Alguns colégios, anualmente , realizam atividades culturais, esportivas e beneficentes cujos temas são sempre os fatos mais importantes que serão veiculados pela imprensa no decorrer do ano letivo.
Essa é uma forma lúdica de reunir alunos de turmas diferentes para, num trabalho conjunto, propiciar a confraternização entre pais, alunos, professores, funcionários, ex-membros  de uma comunidade, todos  em busca de novos conhecimentos, de um maior bem-estar das instituições beneficentes, e , principalmente, dar o exemplo da importância da gratuidade do trabalho em favor de um determinado objetivo.
 Mas não fosse a participação ativa de umas poucas dezenas de alunos e pais, verdadeiros cidadãos,  que entendem a fundamental  importância desse tipo de atividade na escola, para a formação futura de  seus filhos , o trabalho exigido na criação e coordenação do evento, por certo , não valeria a pena.
Alguns pais e alunos têm como primeira pergunta, às vésperas dessa  atividade, a seguinte : Vai valer conceito ?  Vale alguma nota ? Vai interferir na média final ? É obrigatória a participação ?
É muito triste essa realidade que toma conta da nossa sociedade, e, por exemplo seguido,  dos nossos jovens.
Esses pais e seus filhos não sabem que a viagem é mais importante do que o destino, não sabem que o que acabamos sendo é muito mais importante do que o que teremos, não percebem que tudo o que uma pessoa tem , é fruto direto do que a pessoa é.
A pergunta importante não é “Quanto vou ter ?  ,mas, sim, “Em que vou me transformar ?”, não “Quanto vou ganhar ?” mas, sim,  “Quanto   vou aprender?” .
Esses pais e alunos ainda não enxergaram que os rendimentos de uma pessoa raramente excedem seu desenvolvimento pessoal e profissional, ou seja , seu desenvolvimento como cidadão.
Esse deveria ser o foco da atenção deles.
Existe uma história babilônica  muito  interessante chamada “O Tesouro de Bresa”, onde  Enedim, um alfaiate, homem inteligente e trabalhador, mas pobre, compra um livro que contém o segredo de como descobrir um valioso tesouro. Para descobrir o segredo, ele teve que decifrar textos em todos os idiomas que estavam escritos no livro. Depois , precisou decifrar os cálculos matemáticos  contidos no livro, ou seja, teve que estudar muito e se desenvolver em conhecimento das coisas da vida, tais como leis e princípios religiosos de seu país.
Com conhecimento tão amplo , conseguiu importantes trabalhos junto ao rei, ganhou muito dinheiro, viveu em palácios suntuosos,
No final da história , não existia tesouro nenhum : na busca do segredo,  Enedim se desenvolveu tanto que ele mesmo passou a ser o tesouro.
Nessas atividades  culturais, esportivas e beneficentes, estão tesouros guardados que, se descobertos, farão de cada jovem um futuro cidadão, participante, ativo, disponível, solidário, flexível, ético, co-participativo, voluntário e, sendo assim, vital  para sua cidade e seu país.
Basta de mercenários.
Tórtoro
Enviado por Tórtoro em 13/07/2005
Código do texto: T33862
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Tórtoro
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil, 67 anos
176 textos (27939 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 10:03)
Tórtoro