Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REPORTAGEM MALDOSA

Quando o repórter do New Tork Times - William Larry Rohter Junior escreveu o texto no qual comenta maldosa e desrespeitosamente o hábito de bebericar do presidente Lula, o Sr. Larry não teve a devida coragem de estabelecer comparativos do presidente Luiz Inácio do Brasil com o presidente George Walker Bush, dos Estados Unidos, várias vezes acusado de dependência do álcool por jornais americanos de menor importância.
Deteve-se o Sr. Larry em comentar semelhanças entre o presidente Lula e o ex-presidente Jânio da Silva Quadros, demonstrando, destarte, estar informado quanto a renúncia deste último que levaria o país a uma ditadura de 20 anos!
Este episódio é sintomático.
O Sr. Larry, que teve o visto provisório cassado, acabou tropeçando na sua própria estupidez. E o governo ao voltar atrás na decisão, cometeu nova gafe.
Uma coisa é um jornalista brasileiro tecer comentários desairosos sobre nossas autoridades, uma vez que, no íntimo, todos os brasileiros torcem com fervor para que o governo Lula dê certo, principalmente os jornalistas, cuja classe foi tão perseguida pelos governos da ditadura. Outra coisa, é o Sr. Larry escrever para um dos maiores jornais do mundo tentando levar o presidente Lula ao ridículo, fazendo estragos na imagem do nosso país. Logo depois que o Brasil obteve expressiva vitória na Organização Mundial do Comércio (OMC) na demanda contra os subsídios que o governo americano oferece aos seus produtores de algodão, incentivando uma competição desigual e desleal contra o Brasil e outros países produtoRes, o Sr. Larry tenta desqualificar o presidente reduzindo-o ao álcool e gafes.
O governo brasileiro foi ofendido, sim, mas discordamos do ato de cancelamento do visto provisório do Sr. Larry que deveria ser processado pelos crimes de calúnia, injúria e difamação. O que o governo fez, foi dar a esse senhor uma notoriedade que êle não merece e que talvez lhe renda alguns milhares de dólares a mais de salário.
O presidente Lula tem aparecido na mídia com copos de cerveja e bonés, o que não é próprio de um estadista. Lula, em declarações recentes veiculadas na imprensa nacional disse: "Quando amanheço invocado, ligo para Bush e para Tony Blair". Bravatas como essa, colocam em cheque a seriedade e a sobriedade do presidente. Lula tem de governar. Parar com bravatas e declarações duvidosas. Precisa trabalhar mais, falar e viajar menos.
Discrição nunca é demais!
Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 14/07/2005
Código do texto: T34001

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo De Benedictis
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 77 anos
1214 textos (272414 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:43)
Ricardo De Benedictis