Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eureka - Artes da “Psiquê”

Desconheces-se, com certeza absoluta(?!), as razões que levam um indivíduo a agir, ou ter um comportamento diferente, uns dos outros...
Por que das diferenças individuais?
Por que temos ou nos comportamos socialmente, de forma adversa uns dos outros?
Por que nosso comportamento orgânico-físico e psíquico não são  continuamente ou seqüencialmente iguais, todos os dias?
Explicam alguns estudiosos da modernidade que tudo gira em torno dos nossos hormônios, suas variações no organismo, ditam as regras do nosso comportamento...
Um complexo assunto para nossos pobres e inexperientes neurônios  ...
Abordemos então, um assunto mais simples e dentro da nossa capacidade de entendimento.
A ele então.
Qual a razão -ou razões - que levam um indivíduo a olhar e incorporar encargos, como, prestações de serviços sociais com seriedade, dentro de seu mictei diário, em horas que excedem em muito as oito como exige a Lei do trabalho?
Será que é tão simples assim?
Acho que esbarrei em outro complexo assunto!
Complexo mesmo, pois, eu que me encontro inserido neste contexto, ainda não encontre explicações condizentes!
Em um mundo exigente como o atual, onde tudo gira em torno do dinheiro, com suas implicações: “trabalho-produçao-renda/consumo”, o espaço filantrópico, assume proporções alienígenas!
Olhado por muitos com desconfiança, este prestador de serviço, por vezes muitas, começa a falar no meio social, o latim, arcaico!
Nossos clientes, surgem por força do mesmo desconhecimento de razoes que nos levam a procurar serví-los! Nossos caminhos até a pretensa idéia acima, dariam um romance com todas as nuanças possíveis,  imagináveis, ou, inimagináveis ... um best-seller, talvez!
Em um mundo que além de complexo, como este, é também muito exigente, a nós, não compete nem mesmo tentar entendê-lo.
Temos que sair, mostrar que existem fatos, situações diferentes, e muito, do dia a dia comum de cada indivíduo; sem que seja preciso entender o por que daquilo que fazemos, pois, isto de nada importa, a nenhuma finalidade nos leva! O importante é buscar resultados, encontrá-los e aplicá-los, ... “Eureka!!!”- Encontramos, E em forma de moeda! Mas não a moeda circulante, não a mais conhecida como o  real, dólar ou o euro, mas sim uma outra! Para nós,  de valor expressivo e sempre atual, pois não se corrói pela inflação, não é atingida por  deflatores  desconhecidos. Esta moeda estimulante se chama “Solidariedade”, e, talvez, ai esteja todo o mistério resolvido! O combustível que nos impulsiona, nos move a estas razões e atitudes complexas e inexplicáveis, é com  certeza gerado e gerido pela moeda “Solidariedade”! Esta, uma vez em nossas mãos depositada, o seu emissor, tem  plena certeza que alcançará sua finalidade, chegando inteira ao seu destino, para cumprir sua missão “Solidária”.
marinho
Enviado por marinho em 20/07/2005
Código do texto: T36179
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
marinho
Descalvado - São Paulo - Brasil, 67 anos
146 textos (78692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:17)
marinho