Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MANIFESTAÇÃO DA MIDIA BRASILEIRA

Como julgar o caso Paulo Sérgio e a manifestação da mídia brasileira?

Nessa sociedade, nesse País em que vivemos, a situação que nos deparamos não é somente o caso que está posto para investigação e análise (se o Paulo Sérgio estuprou e tem que pagar pelo crime que cometeu, ou não estuprou e sairá isento de culpa), mas a própria ignorância de uma repórter sem princípios éticos e formação acadêmica "de fato", porque nas Universidades, a chacota, o insulto, a falta de respeito, a maldade para se fazer a divulgação midiática, acredito, não são ensinadas, pelo contrário, em todas as áreas, não só no jornalismo, mas nas humanas, saúde, ciências exatas e naturais, e tantas outras, a ética, a moral, direitos e deveres do indivíduo, não só como cidadão, mas como ser humano, estão dentro de muitas disciplinas, isto quando muitas vezes são dadas específicas e isoladas, porque todas as áreas de exigem um conhecimento geral desses princípios.

Acredito que muitas pessoas conseguem filtrar essas ideias da forma correta, e muitos apenas na superfície, julgando que o garoto é possivelmente o estuprador, o matador, o drogado, o ladrão, seja lá o que for, mas o que é discutido vai muito além, até porque quem irá julgar é a justiça, que possui conhecimento de causa e será bem fundamentada.

O que nós, brasileiros, podemos julgar, nesse caso, é o tipo de informação que muitas vezes jogamos para dentro de nossas casas, o tipo de mídia que permitimos informar sobre nosso cotidiano e as notícias banalizadas do nosso País, que é nosso habitat de todos os dias, compartilhada por uma cultura em comum que construimos e queremos ampliar para outros povos e nações, porque somos seres sociais e gostamos de divulgar o que temos de bom para que "os outros", como costumamos falar, possam conhecer e admirar nossas manifestações, porque além de possuirmos um Brasil rico pela sua diversidade, também somos um povo rico em formas de expressão e particularidades regionais, o que nos proporciona uma riqueza ímpar pelas pluralidades que fazem parte da nossa formação cultural.

Saibamos discernir, cultivar, semear o lado bom das coisas, das espressões do indivíduo, que é o maior bem social; saibamos ser brasileiros e cuidar da nossa cultura, dos nossos semelhantes, para que possamos ser reconhecidos como uma cultura rica e exemplo de crescimento e desenvolvimento, o que se prega diariamente na mídia, mas que nos abre muitas brechas para pensarmos sobre nossa qualidade de vida, que deixa muito a desejar, quando visualizamos um quadro como esse que interrogo e questiono.

***

Patrícia Dantas
Enviado por Patrícia Dantas em 25/05/2012
Reeditado em 29/05/2012
Código do texto: T3688315
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Patrícia Dantas
João Pessoa - Paraíba - Brasil
448 textos (19931 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/14 09:43)
Patrícia Dantas



Rádio Poética