CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

AS CARACTERÍSTICAS FONÉTICAS DO FONEMA /r/ EM FINAL DE SÍLABA NO DIALETO DE UNIÃO DA VITÓRIA

Faculdade Estadual de Filosofia Ciências e Letras de União da Vitória – FAFIUV
PESQUISA PILOTO: AS CARACTERÍSTICAS FONÉTICAS DO FONEMA /r/ EM FINAL DE SÍLABA NO DIALETO DE UNIÃO DA VITÓRIA

1. INTRODUÇÃO
Este artigo relata uma pesquisa cujo objetivo principal é a análise das características fonéticas do fonema /r/ em final de sílaba. Desta forma, primeiramente questionou-se: A idade e o grau de escolaridade afetam a ocorrência do /r/ retroflexo em final de sílaba em falantes de União da Vitória?
O experimento foi realizado por meio de aplicação de um teste (anexo 01) com perguntas ingênuas, em que o sujeito tinha duas opções de respostas, porém uma única resposta teria sentido para a pergunta. Foram entrevistados no total 09 sujeitos com idades e grau de escolaridades distintos.
O texto está dividido da seguinte maneira: A seção  2 refere-se à descrição dos dados lingüísticos. A seção 3 é a descrição do experimento e da tarefa de distração.
A seção 4 apresenta a análise da aplicação do experimento. E por último a seção 5, que é a conclusão da experimentação.

2. DESCRIÇÃO DOS DADOS LINGUÍSTICOS
O objeto da pesquisa é saber quais as características fonéticas do fonema /r/ retroflexo que tem o contexto de final de sílaba, podendo ocorrer em final de palavra, por exemplo: flor, dor, comer; ou pode ser seguida de consoante, como por exemplo: quarto, farda, porta.  O fone [Վ] retroflexo alveolar vozeado, objeto de pesquisa do presente artigo, é típico da pronúncia do dialeto caipira, sendo ele uma das variações do r ortográfico do português brasileiro.
Ressaltamos ainda que no português brasileiro existem outras variações do “r” ortográfico como por exemplo [X, h,  ř,  γ ,Ր ,Վ, ɦ], sendo que cada um desses segmentos ocorre em diferentes dialetos.

3. DESCRIÇÃO DO EXPERIMENTO E DA TAREFA DE DISTRAÇÃO
Essa seção descreve a organização do experimento. Para a realização foi optado em aplicar um teste com 10 perguntas e as respostas foram gravadas.

3.1 Procedimento
Para coletar os dados necessários ao objetivo da pesquisa foi efetuado um teste com 10 perguntas com duas alternativas de respostas, sendo que a resposta correta tinha as características fonéticas do fonema /r/ retroflexo, objeto da pesquisa.
Foi solicitado aos entrevistados que lessem o questionário e que identificassem a alternativa correta. Após esse ato, foi efetuada a gravação somente das respostas corretas, sendo que a resposta escolhida pelos sujeitos, foram as quais esperávamos ouvir, já que as perguntas utilizadas tinham respostas óbvias.
Como tarefa de distração optou-se por colorir algumas letras do teste aplicado aos entrevistados, e o motivo explanado a eles foi que o objetivo da entrevista era saber se a coloração das letras afetaria a leitura e/ou a interpretação do objeto exposto.

3.2 Material
O material utilizado foi o computador, onde o sujeito visualizou o teste na tela e a gravação, somente das respostas, se deu através do aparelho celular.

3.3 Perfil dos Sujeitos
Os testes foram realizados com 09 sujeitos, conforme tabela abaixo:
Sujeito Idade Escolaridade Profissão
Sujeito 01 29 anos Superior Advogado
Sujeito 02 21 anos Superior Do lar
Sujeito 03 53 anos 4ª série primário Do lar
Sujeito 04 53 anos 2° grau completo Empresário
Sujeito 05 29 anos Superior Auxiliar técnico
Sujeito 06 61 anos Superior Professora aposentada
Sujeito 07 15 anos 1° série 2° grau Estudante
Sujeito 08 10 anos 5ª série Estudante
Sujeito 09 12 anos 6ª série Estudante
Todos os sujeitos entrevistados nasceram e foram criados em União da Vitória – PR e seus progenitores também.

3.4 Execução do Experimento
O experimento foi realizado na residência dos pesquisadores, que contaram com auxílio de um computador para a visualização do teste e de um aparelho de telefone celular para gravar as respostas.
O procedimento durou cerca de 1 minuto com cada sujeito, tempo hábil para a leitura integral do teste e para a gravação das respostas. O período da coleta de dados foi entre os dias 27 a 30 de junho de 2010.

4. ANÁLISE
Pode-se observar que não houve diferença entre a produção dos falantes, pois os fones produzidos foram os esperados, já que os sujeitos foram induzidos a escolher as respostas que continham as características fonéticas do fonema /r/ retroflexo.
Existe um padrão na ocorrência do fone entre os falantes entrevistados, mas em alguns casos ele é mais evidente do que em outros, não deixando de ser notável. Ao analisarmos as gravações nota-se que é comum o retroflexo ocorrer de forma semelhante, independente da idade e do grau de escolaridade dos sujeitos falantes.

5. CONCLUSÃO
Essa pesquisa piloto buscou observar quais as características do fone [Վ] seriam encontradas no dialeto dos moradores da região de União da Vitória – PR. O fonema /r/ retroflexo pode ocorrem em contexto de final de sílaba, podendo ser em final de palavra, ou seguida de consoante.
Submeteram-se ao teste 09 sujeitos que nasceram e foram criados na cidade de União da Vitória – PR. foram apresentadas 10 questões com duas alternativas de resposta, sendo que apenas uma delas era adequada ao questionamento. Utilizou-se como material de distração colorir algumas letras do teste apresentado, no qual o motivo da entrevista era saber se a coloração das letras atrapalha na interpretação do objeto exposto.
Ao analisarmos os dados coletados com os entrevistados notamos que todos os sujeitos falam o /r/ retroflexo, sendo que em alguns deles é mais evidente do que em outros, mas mesmo assim não acreditamos que essa diferença ocorra devido ao grau de escolaridade ou a idade dos falantes.
Sugerimos que os alunos do 2º ano de Letras Português/Inglês realizem um projeto em equipe para junção dos trabalhos realizados ou se basear nesse experimento para coletar mais informações para uma possível expansão de um estudo mais detalhado sobre o fone [Վ], no qual será mais fácil de identificar se existe a interferência do grau de escolaridade e de idade na pronuncia do respectivo fone.

Anexo 01
Teste: a coloração das letras afeta a leitura e/ou a interpretação do objeto exposto?
01. Qual era o meio de comunicação há 30 anos?
a) Carta
 b) E-mail
02. Por onde você costuma entrar quando chega em casa?
a)  Janela
b)  Porta
03. O que o soldado veste?
a)  Farda
b)  Vestido
04. Onde você costuma dormir?
a) Cozinha
b)  Quarto
05. O que as pessoas fazem no dia 07 de setembro?
a)  Marcham
b) Dançam
06. Quando você vai à praia o que você enxerga?
a) Mar
b)  Rio 07. O que é uma Margarida?
a)  Flor
b) Pedra
08. O que você sente quando bate a mão?
a)  Dor
b) Alivio
09. Quando você quer conversar o que é preciso fazer?
a) Falar
b) Andar
10. Quando você está com fome o que é preciso fazer?
a) Comer
b) Gritar
Ana Paula Jacyntho e Tatiane da Silva Jaskiu
Enviado por Ana Paula Jacyntho em 13/06/2012
Código do texto: T3722310
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre a autora
Ana Paula Jacyntho
União da Vitória - Paraná - Brasil
7 textos (2617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/14 03:10)