Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Umbanda, Candomblé... Mas não é tudo igual? (Texto 03)

E ae, galera! Tudo bem?
Tô tri feliz de ter visto o "impacto" que os outros dois textos tiveram na web. Seja por facebook, seja por e-mail, seja pelo próprio Recanto das Letras, recebi muitos comentários. Alguns pedindo textos mais detalhados, outros elogiando, alguns pedindo detalhes. Não sou pai-de-santo nem teólogo, vou apenas um vivenciador do meio e curioso, assim como metade do mundo! Haha.

Quero agradecer o pai Rogério de Oxalá pela revisão do texto, e quem quiser mais detalhes, o contato dele (e meu!) estão no final do texto... E hoje o assunto é Incorporação!

Incorporar é o ato de ceder seu corpo físico (matéria) a outro espírito, que não o seu. A incorporação é normal nas religiões afins ao espiritismo, como Umbanda, Quimbanda, Candomblé, Nação, religiões antigas indígenas... Para o "dono do corpo" dá-se a terminologia "médium". Porquê?
Médium é para quem está no "meio". Vem do latim e tal e designa aquela pessoa que faz a ligação entre o divino e a Terra. ;)
 
No Candomblé, é o chamado "Virar no Santo". Trata-se de um tipo de incorporação aonde um orixá usa o corpo de seu filho para trazer sua energia e bençãos ao ambiente.
Na Nação, trata-se de uma Incorporação específica, denominada "possessão". Aqui não há consciência alguma e o médium não pode saber que passou pelo transe. É normal que o Orixá turve o pensamento do filho e coloque memórias do que ocorreu, sendo que algus médiuns te contam TUDO que ocorreu durante o tempo que estiveram offline. Legal né?
No Espiritismo, recebe-se apenas espíritos desencarnados que tiveram um certo grau de importância terrena, como médicos, advogados, doutores em geral.
Já a Umbanda, ao contrário do espiritismo, aceita sem distinção e com humildade que espíritos que tiveram uma vida terrena sem status incorporem. Caso clássico são os Pretos-Velhos, espíritos desencarnados de africanos submetidos ao trabalho escravo no Brasil.
A Quimbanda também tem o mesmo "enfoque" da Umbanda, mas aqui giram Exús e Pomba-giras, Zé Pelintras e exús ciganos.

A Umbanda antiga usa um termo bem bacana e adequado para o médium: "aparelho". É um termo muito interessante, pois é fiel ao que realmente ocorre: quando você está encabocado (termo que a juventude usa pra designar a incorporação de um 'caboco') você se torna um aparelho mesmo, sendo USADO pelo espírito que está ali.

Tipos de Médium:
Médium Inconsciente: "apaga" MESMO. Aqui o médium não vai lembrar de NADA que ocorreu durante o tempo que estava "offline".

Médium Semi-consciente: o aparelho pode estar vendo o que ocorre, mas não ouve. Ou se ouve, não vê. Se vê e ouve, não consegue controlar o corpo: o braço se estica e ele faz força pro braço voltar e o braço não volta, por exemplo. Fica "meio pau- meio tijolo". Aqui nós podemos dividir ainda em 2 tipos:
Aquele que está 70% o médium e 30% a entidade;
Aquele onde tem 30% de médium e 70% de entidade.
Esse tipo de mediunidade é a mais atroz no início: muitos médiuns sofrem por sentirem a energia da entidade, não conseguirem agir porquê ESTÃO INCORPORADOS e, por falta de informação, se pegam pensando: "bah, mas eu lembro de tudo, como que eu posso estar incorporado?" e muitas vezes dão no pé da religião.

Médium consciente: sente que está incorporado e já dá passes, consultas e age de uma forma diferente conseguindo se controlar, porém tendo noção de tudo que tá rolando.

E, pra encerrar a "conversa virtual" de hoje, o "passe" dado pelas entidades é um momento onde a entidade cede um pouco de sua energia para o consulente, trazendo bençãos, paz e fartura, vindas diretamente do Pai Maior que no meu caso, chamo de Oxalá!

//Mateus Müller, também conhecido por Mateus de Oxalá.

>>Bom, eh isso ae por hoje galera!
Segue aqui embaixo os contatos da minha casa de religião!
E OS TEXTOS PASSAM A SER SEMANAIS, ROLANDO AQUI TODA TERÇA!

Ylê Axé Alàfiá Obás Bará ati Oxalá
Rua Salvador Pereira Guimarães, 533 Bairro Litoral
Tramandaí/RS CEP 95590-000
Fone: (51)3684 3224/ (51)8444 2054
email: pai.rogerio@uol.com.br
msn: rogerio_de_castro@msn.com
blog: http://yleaxeoxala.blogspot.com
Mateus Müller
Enviado por Mateus Müller em 04/09/2012
Reeditado em 04/09/2012
Código do texto: T3865637
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mateus Müller
Tramandaí - Rio Grande do Sul - Brasil
54 textos (1945 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 25/10/14 00:45)
Mateus Müller



Rádio Poética