Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

POLÍTICA MACABRA

POLÍTICA MACABRA


Nas últimas eleições o que se viu, o que se denotou foi à sanha de determinadas autoridades, políticos, celebridades entre outros, usarem artimanhas para conquistar a população angariando seu foto, com intuito de conseguir um cargo eletivo nas eleições passadas. O povo brasileiro se deixa levar facilmente e muitas vezes é iludido trocando o voto valioso, por promessas de candidatos, que nunca chegarão a cumpri-la. O bom político ou candidato a ingresso na política partidária deveria passar pelos bancos das Universidades para inteirar-se do que venha a ser “Ciências políticas”.  É o jogo da locupletação que não tem tempo e lugar determinado para sua execução. São aves de rapina a cata de uma presa para conquistar seu intento.
Políticos como: João Paulo Cunha, Frank Aguiar, Jader Barbalho, Antonio Palocci, Fernando Collor de Mello, Paulo Maluf, Professor Luizinho e Clodovil o que têm de bom em prol do Brasil? A revista “Isto É”, faz uma indagação a seus leitores: “Que Congresso é esse?”. Retornam a vida política do Brasil 12 ex-mensaleiros e sanguessugas anistiados, 74 envolvidos com a justiça e alguns novatos folclóricos (grifo nosso). Deus meu, estamos entregues a quem? Será que temos que aturar mais corrupções dentro do atual governo? Será que os eleitos estão preparados para dizimar os vícios perniciosos dessa casa, que é o Congresso Nacional ou continuaremos reféns de antigos problemas e seqüestrados em nossas pretensões. Todos com cara de anjinhos. Será que política tem efeito de droga? Nem desintoxicação eles querem. Mamar nas tetas do governo deve ser muito bom, ter gosto de quero mais, néctar, cheira a “vil metal”, enquanto o tempo passa, eles continuam calados, e a sociedade aflita espera sentada todos os dias, pois em pé cansa demais. Seus pedidos não são atendidos, é mais uma desilusão somada a outras. Pisoteiam a Constituição Brasileira, a nossa Carta Magna, hoje tem mais emendas do que linha de “papagaio de criança pobre”. É de cortar coração! Acreditar nunca mais.


ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ALOMERCE E ACI
Paivinhajornalista
Enviado por Paivinhajornalista em 21/02/2007
Código do texto: T388552
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paivinhajornalista
Fortaleza - Ceará - Brasil
1781 textos (639171 leituras)
1 e-livros (155 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/12/14 20:24)
Paivinhajornalista



Rádio Poética