Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CAVALEIRO DA ESPERANÇA

SÉRIE FIGURAS DO BRASIL

O "Cavaleiro da Esperança", Luis Carlos Prestes, entrevistado no programa Opinião, da TV Aratu, em Salvador, em 1990, foi sabatinado por jornalistas mediados pelo entrevistador Hermano Hening.

Demonstrando a lucidez de sempre, embora ostentasse 91 anos de idade, o ex-líder da Coluna Prestes, teceu comentários sobre a sua vida política e privada, respondendo as perguntas com rapidez e senso de humor, características marcantes do grande talento do maior comunista que o Brasil conheceu.

Sobre Brizola e Lula, Prestes os taxou de ignorantes quanto à teoria Marxista o primeiro, ignorante e inculto o segundo.
Quanto aos partidos comunistas, o PCB e PC do B, Prestes assim se pronunciou:  - Não são comunistas. Um é contra a Rússia e é comandado pela Albânia, um pais miserável. Ambos estão falidos por não possuírem conteúdo ideológico.

Falando de Olga Benário, sua primeira esposa, assassinada em campo de concentração nazista, na Alemanha em 1942, Prestes declarou: - Até hoje não entendo o porque da deportação de Olga, quando juristas do quilate de Clovis Bevilacqua foram favoráveis à extradição.
Culpou Getúlio Vargas por ter assinado o ato de extradição, sem o que, sua ex-mulher não teria sido entregue a Hitler.
- foi o maior erro de Getúlio - comentou.

Perguntado sobre Jorge Amado, depois de elogiar sua obra, Prestes sentenciou: - Um escritor de renome internacional, hoje transformando-se em funcionário do governo, acompanhando a comitiva presidencial a países como a União Soviética. Ele desviou-se do caminho, não sei porque, pois não precisa disto...

Das forças armadas, Prestes opinou quanto às mudanças estruturais ocorridas em seus quadros, de 1964 para cá.
Segundo enfatizou, até 1964 sempre existiu uma ala à esquerda nas forças armadas, que foi totalmente esmagada, prevalecendo a direita, tanto no Exército, quanto na Marinha e na Aeronáutica.

Sobre o Capital, Prestes disse que a sua evolução sempre piora a situação do proletariado: - O Capitalismo não soluciona o problema do povo e sim dos capitalistas - afirmou.

Assistimos atentos a bela entrevista do ex-Secretário Geral do Partido Comunista. Há coerência em suas palavras. Lembramos então de uma conversa que mantivemos com esta nonagenária figura de nossa História, lá na Rua das Acácias, nº 101, 11º andar, Gávea, Rio de Janeiro, onde ele residiu até a morte, quando abordamos assuntos ligados a sua passagem pela Bahia chefiando a Coluna Prestes. Na oportunidade (1984) trocamos idéias sobre os percalços da sua aventura até a perseguição que o levou para a Bolívia.
Apesar dos 91 aos de idade, um homem lúcido, culto, bem humorado, resistindo à sabatina dos repórteres e contentando a todos com sua postura. Uma raridade, o ex-Capitão do Exército Luis CARLOS PRESTES, O CAVALEIRO DA ESPERANÇA QUE A ESCOLA DE SAMBA SALGUEIRO NÃO QUIS LEVAR PARA A AVENIDA, NA HOMENAGEM QUE PRESTOU a Jorge Amado no início da década de 1990.

Algo a registrar, ainda: Oscar Niemayer depositava mensalmente na conta corrente de Prestes, uma mesada para que ele pudesse manter-se e à sua família...
Ricardo De Benedictis
Enviado por Ricardo De Benedictis em 01/08/2005
Reeditado em 16/09/2005
Código do texto: T39395

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ricardo De Benedictis
Vitória da Conquista - Bahia - Brasil, 77 anos
1214 textos (272459 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 05:12)
Ricardo De Benedictis