CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

A VELHICE

   O sintoma da velhice é por demais conhecido: a visão fica turva, coluna meio curva, perde-se parte do tato, o paladar e o olfato ficam comprometidos, passa o tempo na sala, muitas vezes sem se desgrudar da bengala, pois o andar já não é mais firme. A surdez se apresenta e começa um tal de tremer de vez em quando. Dor aguda por artrose ... ah! Que momento é esse que vem chegando? E a tal da trombose que só faz infernizar a vida? E o reumatismo que transforma o corpo para pior!? Antes quando urinava era um jato e agora molha os pés e a braguilha. O corpo emagrecendo e a companheira sem aquela brincadeira na cama, pois já não dar mais conta do recado, pois tentando só dar canseira. Dorme a noite inteira com a mulher ali de lado. Que pena, né? Mas esse o destino de todos nós.

Fico triste... sabendo que meu tempo está se esgotando, que minhas forças estão diminuindo gradativamente.
Mas fico feliz... sabendo que esse tempo foi maravilhoso, que minhas forças foram usadas para o bem.
Fico triste... sabendo que muitos filhos caminham para o mal, mesmo tendo oportunidades de estudo e de trabalho.
Mas fico feliz... sabendo que procriei em benefício da sociedade, que meus filhos trilham o caminho do bem.
....................
(Vamos viver a vida sem pensar na velhice, aproveitando os bons momentos que ela nos oferece.
Abraços,
MOACIR RODRIGUES)
....................
Texto extraído da internet
Enviado por Moacir Rodrigues em 26/03/2013
Código do texto: T4208070
Classificação de conteúdo: seguro

Comentários

Sobre o autor
Moacir Rodrigues
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
1223 textos (22692 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 28/08/14 04:06)