CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Vinte e cinco anos do Capitulo Frutal da Ordem Demolay Nº. 65

Surgem às primeiras idéias de fundar o Capitulo Frutal da Ordem Demolay, no mês de março de 1985, após o Ir. '. Jerônimo José de Oliveira, juntamente com o Ir.'. Jurjus Andraus Cassani, e o Ir.'.  Ailton de Iturama/MG, hospedados no Hotel Gloria na cidade no Rio de Janeiro, onde receberam a colagem do grau 33. No final do evento foram blindados com uma seção de apresentação pelo Capitulo do Rio de Janeiro, dentre as homenagens aos diplomados, cujo mestre conselheiro da época era o sobrinho Monjardim, e sobre a responsabilidade do Supremo Conselho do Grau 33.
 Este evento no Hotel Gloria, era realizado anualmente, na oportunidade presidido pelo Ir.'. Alberto  Mansur, sendo que os citados IIr.'., voltaram maravilhados sobre o que viram, a apresentação do Capitulo do Rio de Janeiro.
 No ano seguinte 1986, eu José Pedroso e mais os IIr.'. Antonio Dias da Cruz, Jair de Paula Borges, e o Ir.'. Edson, médico radicado em Itapagipe/MG, e ainda que tivemos a honra de sermos acompanhados pelo Ir.'. Jerônimo Jose de Oliveira, já Grau 33, e no mesmo Hotel Gloria, assistimos a repetição demonstrativa do Capitulo do Rio de Janeiro, recém criado e que já abre interesse em todo o Brasil, pelas informações benéficas para jovens, a exemplo colhidos pelo Ir.'. Alberto Mansur, presidente do Supremo Conselho da Maçonaria para Republica Federativa do Brasil, órgão gestor dos Graus Superiores, até o 33, e de ter também assumido a Ordem Demolay, no Brasil. O Ir.'. Alberto Mansur que estivera por varias vezes nos EUA, no Kansas City, conhecendo a Ordem Demolay, os valores positivos, inseridos pela Ordem, naqueles jovens Americanos, inclusive vultos históricos, na vida publica daquele pais com desponte não só políticas, mas em todas os setores, onde entre todos podemos destacar Bill Clinton, Walt Disney, John Wayne, Jon Bom Jovi,  Neil Armstrong, Gilberto Amauri Godoy Filho (Giba), Mateus Pedro Liduário (Jorge e Mateus), dentre outros.
  Surgiram, as proposta e  os ensaios para trazer para o Rio de Janeiro, a extensão de Ordem Demolay Americana, e que foi feito, começando primeiro pelo próprio Capitulo do Rio de Janeiro, e posteriormente em algumas capitais do pais. Pela beleza que vimos, e pelos resultados positivos que poderia inserir nos jovens frutalense, é que insistimos em fundar também em nossa cidade, uma extensão da Ordem Demolay.
Os tempos foram passando, reuniões e ficamos sabendo que fora fundado um Capitulo em nossa Capital Belo Horizonte, e os Ir.'., estavam sempre cobrando e arquitetando os preparativos iniciais.
 O Ir.'. Jobem da Silva, nosso secretario da época, sempre estava lendo algo sobre o Capitulo de BH, recém criado e a idéia foi se encorpando e eis que surge no escritório do Ir.'. Jerônimo, levado pelo Ir.'. Jose Cecílio Mendonça (Preto), o Ir.'. Bianchi representante Petrobras, e membro do Conselho Consultivo do Capitulo de São José do Rio Preto/SP, que propôs ajudar, na fundação do Capitulo Frutal, visto que em São José do Rio Preto, já havia sido fundado, com todo sucesso, e a menina dos olhos dos Maçons rio-pretense.
Formada primeira comissão , bastante atuante  com o propósito de Fundar a Ordem Demolay, em nossa cidade que, destacando os principais Ir.: maçons que participantes  da fundação do Capitulo Frutal da Ordem Demolay nº. 65, como segue: Alcy Queiroz, Alexandre Caiada Ayarrolho, João Divino Fabiano (Tiro de Guerra), Oscar Gonçalo Sancho (São José do Rio Preto) Ari Catuta, Luiz Alberto do Carmo, Armando Gomes Miranda, Ildebrando Jesus de Miranda, Jerônimo José de Oliveira, João Batista Correia, Jobem da Silva, Jorge Abukater, José Pedroso, Paulo Lucas, Romel Rocca Ravena, entre outros, e com vários destes atuantes até os dias de hoje.
 Já fora marcada então reunião com aqueles Ir.'. e os sobrinhos Demolays, daquele Oriente, que dirigiram para o nosso, e fizeram uma apresentação histórica, que fizeram os Ir.'. Frutalenses ficarem encantados, pelo que vira daqueles sobrinhos, em uma reunião de apresentação do que era um Capitulo, em forma de um teatro ritualístico.
Continuados os preparativos escolhidos 19 jovens, e o Capitulo de São Jose do Rio Preto/SP, acompanhados dos IIr.'. Oscar Sancho, Bianchi e outros, aqui se aportou, procedendo à primeira iniciação dos Sobrinhos frutalense, para compor o então criado Capitulo Frutal da Ordem Demolay Nº. 65, que se deu num domingo histórico, e precisamente dia 18 de março de 1988, no templo cedido pela nossa coirmã Loja Maçônica Fraternidade Mineira II, e Festa publica no Alvorada Praia Clube, sendo que aqueles sobrinhos rio-pretenses, não nos abandonaram, estando, junto com aqueles tios, presente, até que aprendessem a andar sozinhos.
  A seriedade e o rigor ritualístico foram marca registrados de nosso Capitulo, o tornando um dos mais respeitado nas Minas Gerais, e que ao longo dos anos foi frutificando, com infinidade de realizações para o bem social, onde destacamos as principias realizações  a saber:  Palestras nas principais escolas, predominantemente as publicas e Instituições, com temas sobre civismo, antidrogas, comportamento social, valores da família, etc.
Campanhas de agasalho e vestuário para necessitados, participação e promoção em almoços e lanches para Instituições, Apae, Azilo e Creches.
Campanhas de Incentivo ao Esporte e lazer.
Campanha de Alimentos e produtos não perecíveis para o Hospital do Câncer de Barretos/SP, e outros.
Promoção do Festival de Inverno por longos anos com resultado  beneficentes.
Participação em Campanhas de pro - Saúde Publica
Participação colaborativa em eventos de varias Instituições e Igrejas e na própria Maçonaria.
Visitas em escolas para verificação do andamento escolar e comportamento  dos próprios membros,
Fundação dos Capítulos da Ordem Demolay das cidades de: Cabo Verde, Uberlândia, Uberaba, Iturama, Conceição das Alagoas, Prata.
Centenas de jovens já passaram pelo Capitulo Frutal da Ordem Demolay Nº. 65, e certamente contribuiu sobremaneira na formação de melhores cidadãos, e temos a honra de destacar políticos, promotores, médicos, advogados, engenheiros, empresários, dentre outros que certamente a chama das Sete Luzes: Amor Filial, Reverencia pelas Coisas Sagradas, Cortesia, Companheirismo, Fidelidade, Pureza e Patriotismo, que resplendeceram sobre estes sobrinhos, indicando os melhores caminhos. Oxalá sobrando também fachos de Luzes, para nós os tios, que estivemos imbuídos e premiados pelo G.'.A.'.D.'.U.'., por estarmos junto a eles, somando nas orientações, na visão de seguirmos os melhores caminhos, não deixando de agradecer também aos pais, que confiaram em nós por esta estrada percorrida.



Frutal/MG, 28 de março de 2013.


 
Ir.'. José Pedroso

Josepedroso
Enviado por Josepedroso em 31/03/2013
Reeditado em 02/04/2013
Código do texto: T4216404
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Josepedroso
Frutal - Minas Gerais - Brasil, 70 anos
417 textos (111861 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/04/14 15:25)