CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

II CRÔNICAS. 15:7 “Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra tem uma recompensa.”

II CRÔNICAS. 15:7 “Mas esforçai-vos, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra tem uma recompensa.”

Quero tomar emprestado esse fragmento de texto bíblico e de maneira muito particular, convidar você para que, juntos, possamos passear pelo pequeno texto que ora escrevo... Ao discorrer os trechos do Livro de Crônicas, saltaram-me à vista essa pequena porção textual, fazendo-me arquejar de alegria.  Muitos pensamentos surgiram, o quê e para quê escrever, que linha deveria tomar?
Tomando particularidades de algumas experiências no campo dos relacionamentos afetivos, não me furtei ao que em negrito fixou-me à mente - Relacionamento a dois e ações que servem de manutenção para a vida do casal. Não tive dúvidas, enredei-me a escrever sobre o tema. É intrigante observar que os relacionamentos, em sua grande maioria, estão cheios de remendos, marcas, cicatrizes; A desesperança em um novo tempo, numa mudança de atitude do cônjuge, da transformação do outro, tudo isso têm tirado dos casais a virtude do amor, roubando-lhes o direito à felicidade. Mas a boa nova é que isso pode sim mudar, pode sim ser transformado. Se teu relacionamento está nas nuvens, ofereça um pedaço de nuvens de algodão; se porventura estiver na lama, tenho uma noticia que vai te provocar: É tempo de garimpar e procurar tesouros escondidos. É tempo de tomar o barro mole e úmido e moldar. E qual lugar melhor para isso senão na lama e da lama? Então não há desculpas. Arregace as mangas, tome sua peneira e vamos garimpar. Tome seu (nome do instrumento que se usa para fabricar o vaso) e se põe a moldar.
Fato é que uma pluralidade de ações bem coordenadas e feitas de modo liberal, altruísta e sincera é capaz de propor à parte receptadora, ao cônjuge que as recebe, uma experiência única, motivadora, pulsante e porque não, ouso dizer, rejuvenescedora. Sim. É possível rejuvenescer, sentir-se mais amada, mais amado, mais confiante quando o outro reafirma seu amor, sua gratidão, sua benevolência por meio de atos que expressem sua verdadeira identidade enquanto cônjuge.
A grande problemática ocorre do fato que essa, na maioria das vezes, não é a metodologia mais aplicada nos relacionamentos, fadando-os ao fim e, mesmo que sejam se a ação não for motivada por amor e de forma abnegada, pode-se usar o que quiser, pois de forma mecânica nunca se alcançará o coração do cônjuge, fazendo do esforço algo nulo. Importa que nos amemos antes de qualquer coisa, que provoquemos mudanças, antes em nós mesmos, que tomemos as decisões mais duras, que assumamos a direção do nosso relacionamento, seja namoro, noivado, casamento e não deixemos que a rotina do dia-a-dia amofine e roube nossos esforços, nossa energia, nossa dedicação. Outro sim, não espere seu relacionamento entrar em crise, pois o bom administrador é aquele que trabalha com medidas preventivas, educativas, de gestão pró-crescimento; Faça de seu relacionamento um empreendimento onde perder seja sempre prejuízo e ganhar seja lucro; Invista em Palavras de Afirmação, Presentes, Atos de Serviço, Tempo de Qualidade, Toque Físico-(leia o livro: As Cinco Linguagens do Amor - Gary Chapman). Deem atenção especial ao cônjuge, em qualquer situação. Não importa se você esta dirigindo a fala, a atenção para um ou vários interlocutores, faça seu parceiro saber que ele é o alvo, seu “Target” principal, seja por meio do olhar, de um sorriso, muitas vezes toma-lo por referência (mas muito cuidado com essa parte, pois aqui a intenção não é apenas enaltecer, mas dar honras - o que não significa bajular ou criar fantasias). Mantenha suas mãos entrelaçadas, sentem-se juntinhos, troquem olhares, elogie as qualidades, evitem apontamentos negativos; signifiquem-se a melhor parte um para o outro, sejam autênticos e sem maquiagens, não envaidecidos, símplices, cativem os outros pelo modo com que se trata, se comunicam, se enamoram, enfim, namorados, noivos ou casados, enamorar-se é ato basilar para a conservação e desenvolvimento do casal, é o tom amistoso onde se resolvem todos os conflitos.
Em resumo, tudo que empenharmos em prol do nosso cônjuge, esse mesmo esforço, com o tempo, será retribuído, e ainda que não, o amor não se envaidece, não ensoberbece, não cobra atos de amor, mas tudo suporta, tudo crê, tudo espera... e incondicionalmente ama e ponto. Esse é o amor que gera amor. Sim, reitero que o único amor que é capaz de produzir amor é exatamente aquele que nada exige, porque tudo que se exige se faz obrigação e nada que é obrigado nasce voluntariamente.
Gaste seu tempo ao lado de quem amas, faça menção desse amor em atitudes, ainda que pequenas, como trazer uma goma de mascar ou qualquer outra coisa, ainda que ínfima, mas que denote sua intenção em agradar e declare que no momento em que comprastes aquilo, era em seu par que pensavas. As obras de suas mãos têm uma recompensa. Tuas ações geram ações, gestos de amor provocam gratidão. Lembre-se que o maior exemplo de amor deixou-nos Jesus, ensinando que amor não é mero sentimento, mas uma escolha, um padrão de vida, manifesta em atitudes. Amor é quando agimos em beneficio do outro, quando nos entregamos em lugar do outro, quando abrimos mão de nós mesmos e declaramos ao que amamos sua importância e sua significação em nossas vidas; Nenhum esforço é em vão e a única colheita que podemos esperar é resultado das sementes que já plantamos. Pratiquem atos de amor e verão amor como frutos de suas ações.
sekher fidelis
Enviado por sekher fidelis em 02/05/2013
Reeditado em 06/05/2013
Código do texto: T4271380
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
sekher fidelis
São Bernardo do Campo - São Paulo - Brasil, 35 anos
263 textos (17345 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/04/14 04:23)