CapaCadastroTextosÁudiosAutoresMuralEscrivaninhaAjuda



Texto

Bancada dos Presidiários

A_ Olá blogueiros, Presidenta e companheiros da mesa, sejam bem vindos a mais uma edição. Especialmente hoje, do lado de fora, (porque não nos deixaram entrar), da “Penitenciária de Força Máxima Câmara dos Deputados”, localizado em Brasília, DF. D´onde se sucediam nas sombrias e frias madrugadas da cidade obscura e já calada, as famosas “putarias” e votações secretas. Mesmo local onde ocorreu a última e um dos mais nebulosos votos ocultos. mantendo o mandato, (somente por algumas horas, por força do povo), do Deputado e presidiário Natan Donadon (ex-PMDB/RO), envolvido no desvio de 8 milhões da rica Assembleia de Rondônia.
C_ Esses presídios são considerados de luxo, não é minha querida, eles tem direito a banho de sol na piscina, utilizar-se dos veículos oficiais, um belo escritório, diversos assessores e “assessoras” para “porra” nenhuma e uma “gorda” verba para o seu uso pessoal. Enfim, estamos criando novos centros de detenções, por todo país com as “bancadas dos presidiários” e codinomes de Assembleias, Câmaras, Senado, Prefeituras, governos estaduais, Ministérios... calma, “Dilminha”, sem cara feia, o seu antecedente criminal somente apresenta a participação no sequestro do americano, na década de 60. Talvez por isso, estamos sendo vigiados e monitorados pelos EUA?
A_ A PEC 349/01, votada no último dia 3, na mesma Câmara, depois de 12 anos aguardando a vez para entrar em pauta, pode estar chegando ao fim, agora esperando do Senado pela votação e exterminar com o voto secreto obrigando os políticos mostrarem a cara, de “pau”, no Congresso Nacional e nos legislativos estaduais e municipais.
A_ “Presida”, sei que também quer um Brasil de políticos mais sérios, compenetrados  à discutir os problemas e apresentar soluções coerentes e coesas. Chegou a hora, por um Brasil mais honesto, deve ter inicio já nesta semana, (se tiver pelo no peito), “Babosa”, pedirá a prisão imediata dos réus do mensalão.
P_  José Dirceu, personagem-símbolo do mensalão, já faz os cálculos de quanto tempo passará trancado atrás das grades: Condenado a 10 anos e 10 meses de detenção por comandar o esquema, tem direito a pedir progressão de regime para o semiaberto - em que é obrigado a apenas dormir na cadeia - após um sexto da pena, mas quer cozinhar e lavar roupa na prisão para adiantar em seis meses esse benefício. Assim, chegar ao seu tempo de cárcere em 1 ano e 4 meses.
A_  Companheiro, toma cuidado, na cadeia depois de lavar e cozinhar, vão te querer para dormir de “conchinha”. Imagina?
C_ Lembro, tudo que estou trabalhando, não é e não será para disputar as eleições do ano que vem. O Brasil não estaria preparado para ser governado por um negro.

P_ “Porra Nenhuma”... não trabalham, porém comem,  bebem, tomam banho de sol de graça e
ainda recebem $$$ para isso. Nas custas dos brasileiros que acordam cedo, à trabalhar e pagar os altos e injustos impostos.

 
Fabiano Sousa
Enviado por Fabiano Sousa em 07/09/2013
Código do texto: T4471664
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

Comentários

Sobre o autor
Fabiano Sousa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 39 anos
72 textos (1184 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/14 03:50)