Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VOVÓ "VITÓRIA" E O TRÁFICO DE DROGAS

VOVÓ "VITÓRIA" E O TRÁFICO DE DROGASEla tem oitenta anos e para despistar chamemos-lhe "Vitória".
Pela janela do seu apartamento em Copacabana via algo que lhe confrangia o coração. Do seu posto de observação ela observava o movimento do tráfico de drogas na Ladeira dos Tabajaras. O barulho ensurdecedor dos traficantes vendendo as drogas, a violência e as cenas  deprimentes de crianças servindo os chefes do tráfico levaram-na a denunciar. Porém não lhe deram ouvidos. Pudera! Policiais estavam envolvidos. Então como cidadã vigilante, com sacrifício comprou uma filmadora. Pagou R$ 800,00 em cinco prestações de R$ 160,00.
Como os bandidos usam binóculos para vigiar a situação nos apartamentos vizinhos ela  camuflou a câmera. A sua janela já tinha sido alvejada por tiros vindos da favela, por isso teria de ter cuidado. Colocou uma película escura na janela, evitando assim que os bandidos apercebessem a câmera em ação.  E começou filmando e ao mesmo tempo narrando os movimentos dos traficantes. Principalmente nos feriados e datas festivas, a câmera implacável de "Vitória" filmou filas de homens e mulheres ávidos pela maconha e cocaína. Filmou gente honesta sendo molestada pelo verdadeiro Mercado dos Horrores produzido por esses bandidos. Anunciam gritando os preços da mercadoria da morte e ameaçam com as suas armas aqueles que  cruzam os seus caminhos. Bolsas cheias de drogas e menores  transportando armas dos mais diversos tamanhos e calibres. Há mais de um ano ela colocou nas mãos da policia civil o seu material registrado em filme. No entanto foi necessário ela colocar o seu apartamento á disposição dos policiais para não só obter proteção policial, mas também que se pudesse proceder á captura dos bandidos.
Graças á sua coragem e á sua filmadora possibilitou a prisão de vários traficantes e o que mais nos revolta é que estavam entre eles policiais envolvidos no tráfico. Este caso foi relatado nos jornais do Rio de Janeiro. Alguns leitores nas cartas dos leitores do Jornal do Brasil reagiram censurando o poder público por deixar a situação chegar aonde chegou. Também deram nota dez a "Vitória" e nota zero á polícia. No livro que vou publicar em breve podemos ler a seguinte frase: Segundo dizem ele tem mesmo muita influência nesse meio. Os dólares verdadeiros e até os falsos fazem milagres nesta cidade. Aqui no Rio pelos tempos que correm o que é mais parecido com um bandido é um policial.
O personagem diz estas palavras em 1959. Como vemos  quarenta e seis anos depois a corrupção policial continua sendo uma praga. De quem é a culpa desta situação? Com certeza dos poderes públicos. Infelizmente não há vislumbre de mudanças no horizonte. Em todo o caso parabéns vovó "Vitória" por sua determinação e coragem.
Nota:
Texto publicado na FOLHA DO VERIDIANA em 2/9/2005
Victor Alexandre
Enviado por Victor Alexandre em 03/09/2005
Código do texto: T47318
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Victor Alexandre
Bélgica, 72 anos
274 textos (86467 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:55)
Victor Alexandre